Ouça agora

Ao vivo

Putin faz exigências para “negociar a paz” com a Ucrânia após encontro do G7
Mundo
Putin faz exigências para “negociar a paz” com a Ucrânia após encontro do G7
Justiça considera ilegal greve dos educadores de Macaé
Norte Fluminense
Justiça considera ilegal greve dos educadores de Macaé
Governo do estado cria Observatório do Feminicídio
Estado
Governo do estado cria Observatório do Feminicídio
Polícia Militar expande programas de polícia de proximidade na zona sul
Rio de Janeiro
Polícia Militar expande programas de polícia de proximidade na zona sul
Prédio no Centro Histórico de Petrópolis é destruído por incêndio
Região Serrana
Prédio no Centro Histórico de Petrópolis é destruído por incêndio
Termina hoje prazo para inscrição no Enem
Destaque
Termina hoje prazo para inscrição no Enem
RS receberá caravana do governo para garantir acesso a benefícios
Política
RS receberá caravana do governo para garantir acesso a benefícios

Governo do Estado convoca mais 443 professores para a rede estadual

Autorização saiu na edição do Diário Oficial desta terça-feira (27).
Foto: Reprodução

O governador do Estado do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, autorizou a convocação de mais 443 professores aprovados nos concursos promovidos pela Secretaria de Estado de Educação em 2013 e 2014. A chamada foi publicada na edição desta terça-feira (27), do Diário Oficial. Os profissionais foram selecionados para os cargos de professor Docente I (18h e 30h semanais).

Os professores convocados, deverão se apresentar nas regionais da Seeduc para entrega de documentação. Os novos servidores farão a perícia médica e passarão pelo acolhimento na Seeduc.

Além disso, a Seeduc iniciou, nesta segunda-feira (26), o projeto “Integração e Acolhimento dos Novos Servidores”, para dar boas-vindas aos 645 profissionais que já haviam sido convocados nos mesmos concursos.

“Recebemos esses novos professores com a certeza de que eles vão contribuir, efetivamente, para a qualidade do ensino. Mesmo com as limitações do Regime de Recuperação Fiscal, cumprimos a lei, garantindo que nenhum professor da rede estadual receba menos do que o piso nacional do magistério. Ainda há muito a ser feito, mas estamos no caminho certo. Com diálogo e respeito, conseguiremos avançar cada vez na valorização da Educação”, declarou o governador.