Ouça agora

Ao vivo

Prefeitura de Duque de Caxias anuncia canalização do canal dois irmãos
Baixada Fluminense
Prefeitura de Duque de Caxias anuncia canalização do canal dois irmãos
Prefeitura vai levar artesanato de Angra para o Rio Artes
Angra dos Reis
Prefeitura vai levar artesanato de Angra para o Rio Artes
Prefeitura de Nova Iguaçu retoma obras do Viaduto de Comendador Soares
Nova Iguaçu
Prefeitura de Nova Iguaçu retoma obras do Viaduto de Comendador Soares
TRE-RJ amplia horário de atendimento até a data do fechamento do cadastro eleitoral
Estado
TRE-RJ amplia horário de atendimento até a data do fechamento do cadastro eleitoral
Capela São Jorge, em Campos, tem programação religiosa nesta terça
Norte Fluminense
Capela São Jorge, em Campos, tem programação religiosa nesta terça
Lula anuncia ampliação do programa Pé-de-Meia
Política
Lula anuncia ampliação do programa Pé-de-Meia
Art&Bier fecha primeira semana unindo rock e motocicletas
Maricá
Art&Bier fecha primeira semana unindo rock e motocicletas

Eduardo mostra faceta decisiva e divide protagonismo do Botafogo com Tiquinho

Meia chama a responsabilidade em sequência contra adversários do G-6, chega a 10 gols marcados na temporada e ajuda o time a ampliar vantagem na ponta

O Botafogo que lidera o Campeonato Brasileiro com 12 pontos de vantagem sobre o segundo colocado, hoje o Flamengo, é um time que impressiona pela campanha, pelo desempenho e que tem como protagonista Tiquinho Soares, o centroavante e artilheiro do time.

Porém, nas duas partidas seguidas que fez contra rivais do G-6, Grêmio e Bragantino, foi Eduardo quem apareceu para ser decisivo e abrir caminho para as duas vitórias que abriram cinco de frente para os rivais, em um momento que Tiquinho passa a ser mais visado pela marcação e que usa isso para abrir espaço para os companheiros.

Em ambas partidas, coube ao camisa 33 fazer o gol do 1 a 0 quando o Alvinegro não tinha o domínio da partida contra rivais fortes do campeonato. O meia chegou a 10 gols na temporada, além de outras 4 assistências, o vice-artilheiro da equipe no ano, atrás apenas do camisa 9.

Nas últimas cinco partidas que jogou, o centroavante não marcou e deu uma assistência. Nessas mesmas partidas, Eduardo fez dois gols e deu um passe para outro. Os dois juntos somam para 31 doa 76 marcados pela equipe no ano.

A sequência é só mais um exemplo da importância que o meia tem no time do Botafogo. Em 2023, o camisa 33 voltou de lesão, sofrida na reta final do Brasileirão de 2022, na partida contra o Brasiliense, a primeira depois da eliminação precoce no Campeonato Carioca.

Com sete gols e uma assistência em oito jogos, foi essencial na boa sequência de começo de Brasileirão, conciliando com Sul-Americana e Copa do Brasil, que reverteu o mal momento do time na temporada.