Ouça agora

Ao vivo

Vítima morta durantge comício de Donald Trump é identificada
Destaque
Vítima morta durantge comício de Donald Trump é identificada
Morre escritor e jornalista Sérgio Cabral Santos aos 87 anos
Destaque
Morre escritor e jornalista Sérgio Cabral Santos aos 87 anos
FBI identifica atirador que tentou matar Donald Trump
Destaque
FBI identifica atirador que tentou matar Donald Trump
Donald Trump sofre atentado durante um comício de sua candidatura à presidência dos EUA
Destaque
Donald Trump sofre atentado durante um comício de sua candidatura à presidência dos EUA
Vestibular Uerj 2025: inscrições para o 2º Exame de Qualificação
Destaque
Vestibular Uerj 2025: inscrições para o 2º Exame de Qualificação
Julgamento de Alec Baldwin por homicídio culposo é anulado por ocultação de provas
Destaque
Julgamento de Alec Baldwin por homicídio culposo é anulado por ocultação de provas
Queimados promove quarta edição da Colônia de Férias no Horto
Baixada Fluminense
Queimados promove quarta edição da Colônia de Férias no Horto

Votação elege o nome dos filhotes de lontra do BioParque do Rio

Os filhotes gêmeos de lontra, um macho e uma fêmea, vieram ao mundo em 1º de junho. São descendentes das lontras Eduardo e Mônica, uma homenagem à famosa canção do grupo Legião Urbana
Imagem: Victória Henrique/TV Globo

Os dois recém-nascidos filhotes de lontra no BioParque do Rio agora têm nomes: Trufa e Bombom. A escolha dos nomes foi resultado de uma votação popular realizada em parceria com o G1, que aconteceu desde a manhã de segunda-feira (11) até a noite de quinta-feira (14). O resultado da votação, que contou com 1.905 votos, foi o seguinte:

  • Trufa e Bombom: 38,11% (726 votos)
  • Sandy e Junior: 23,57% (449 votos)
  • Luana e Ricardo: 22,57% (430 votos)
  • Amazona e Xingu: 15,75% (300 votos)

Os dois filhotes são irmãos gêmeos, um macho e uma fêmea, nascidos em 1º de junho. São filhos das lontras Eduardo e Mônica, uma homenagem à famosa música da banda Legião Urbana.

O nome Trufa e Bombom foi escolhido devido à cor marrom e ao tamanho dos animais, que são pequenos. As outras opções de nomes faziam referência ao bioma onde essa espécie é mais encontrada (Amazona e Xingu), aos cuidadores das lontras (Luana e Ricardo) e também aos irmãos cantores Sandy e Júnior.

O processo de adaptação dos filhotes ao tanque de água está em andamento, com cuidados especiais para que aprendam a nadar com segurança. A gestação dos filhotes ocorreu de forma tranquila, e, devido às características da espécie, foi necessário separar a mãe e os filhotes do macho para evitar conflitos ou infanticídio, algo comum nessa espécie. Os especialistas destacaram a importância de uma aproximação cuidadosa entre os filhotes e os pais neste início.

Mônica, a mãe, tem desempenhado um papel excepcional como mãe, amamentando os dois filhotes desde o nascimento. Agora, eles estão começando a introduzir alimentos sólidos, mas ainda ocasionalmente mamam.

A população dessa espécie de lontra está diminuindo e é considerada quase ameaçada. Portanto, é crucial manter um cuidado especial com o nascimento e o patrimônio genético desses animais em zoológicos para futuras iniciativas de conservação por parte das instituições dedicadas a essa espécie.