Ouça agora

Ao vivo

Estado anuncia a criação de projeto piloto de prevenção de tragédias climáticas em nove cidades
Estado
Estado anuncia a criação de projeto piloto de prevenção de tragédias climáticas em nove cidades
Espanha, Irlanda e Noruega reconhecem o Estado da Palestina
Mundo
Espanha, Irlanda e Noruega reconhecem o Estado da Palestina
Comissão da Alerj quer fortalecimento das Cozinhas Solidárias para combater a insegurança alimentar no estado
Política
Comissão da Alerj quer fortalecimento das Cozinhas Solidárias para combater a insegurança alimentar no estado
Paes se reúne com Landim e afirma que pode desapropriar terreno para estádio do Flamengo
Esportes
Paes se reúne com Landim e afirma que pode desapropriar terreno para estádio do Flamengo
Detran.RJ amplia emissão da Carteira de Identidade Nacional (CIN) para pessoas até 50 anos de idade
Estado
Detran.RJ amplia emissão da Carteira de Identidade Nacional (CIN) para pessoas até 50 anos de idade
Mais de 10 milhões de pessoas ainda não entregaram declaração do Imposto de Renda
Destaque
Mais de 10 milhões de pessoas ainda não entregaram declaração do Imposto de Renda
Professores de universidades federais se dividem sobre aceitar proposta e acabar com a greve
Brasil
Professores de universidades federais se dividem sobre aceitar proposta e acabar com a greve

Volume de serviços prestados no Estado do Rio cresce 3% em março

Rio de Janeiro teve o principal impacto positivo, entre os estados, no acumulado do primeiro trimestre do ano
Foto: Reprodução Internet

O volume de serviços prestados no Estado do Rio de Janeiro cresceu 3% em março, na comparação com o mesmo mês no ano passado. Na passagem de fevereiro para março, o crescimento foi de 1,1%. Os dados são da Pesquisa Mensal de Serviços, divulgada nesta terça-feira (14/05) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No acumulado do primeiro trimestre de 2024, o IBGE aponta que o principal impacto positivo, entre os estados, foi o do Estado do Rio de Janeiro: 4%.

“Essa expansão registrada pelo setor está relacionada à abertura de novos negócios no nosso estado, que, apenas nos primeiros quatro meses do ano, já ultrapassaram a casa dos 24 mil, e aos milhares de postos de trabalho criados no período. O setor de serviços é o que mais emprega no estado e no país, e funciona como um indicador do desempenho da economia fluminense. Mais empregos significam mais renda e maior consumo”, comenta o governador Cláudio Castro.

Ainda de acordo com o IBGE, em relação às áreas do setor de serviços que tiveram crescimento em relação a março de 2023, o principal resultado positivo ficou com o segmento de informação e comunicação. Os demais avanços vieram dos serviços prestados às famílias e dos profissionais, administrativos e complementares.

“A pesquisa mostra também que, na comparação interanual, o resultado do Rio de Janeiro ficou bem acima da média do país, que foi de -2,3%, e do resultado nacional na comparação mensal (0,4%). O setor de serviços tem grande peso na economia fluminense e seu crescimento é um indicativo de progresso socioeconômico – destaca o secretário de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços, Vinicius Farah.