Ouça agora

Ao vivo

Dia Mundial sem Tabaco é lembrado em Macaé
Norte Fluminense
Dia Mundial sem Tabaco é lembrado em Macaé
Maratona do Rio 2024 começa nesta quinta-feira com recorde de inscritos
Rio de Janeiro
Maratona do Rio 2024 começa nesta quinta-feira com recorde de inscritos
Prefeitura de Maricá divulga programação de Corpus Christi
Maricá
Prefeitura de Maricá divulga programação de Corpus Christi
Paraty e Angra dos Reis recebem lançamento de livro sobre a Costa Verde
Angra dos Reis
Paraty e Angra dos Reis recebem lançamento de livro sobre a Costa Verde
Prazo para adesão ao Desenrola Fies é prorrogado até 31 de agosto
Destaque
Prazo para adesão ao Desenrola Fies é prorrogado até 31 de agosto
Estudantes de Caxias ganham nova escola municipal bilíngue
Baixada Fluminense
Estudantes de Caxias ganham nova escola municipal bilíngue
Ocupação hoteleira na Região dos Lagos deve ultrapassar os 75% durante o feriadão de Corpus Christi
Costa do Sol
Ocupação hoteleira na Região dos Lagos deve ultrapassar os 75% durante o feriadão de Corpus Christi

VÍDEO: Motorista abandona ônibus, embarca em outro e deixa passageiros a pé na Avenida Brasil

De acordo com sindicato, cena inusitada pode ser resultado de estresse e jornada excessiva de trabalho

Uma cena, no mínimo inusitada, surpreendeu quem passou pela Avenida Brasil na noite desta quarta-feira. Um motorista simplesmente abandonou o ônibus que dirigia, na pista sentido Zona Oeste da via, e embarcou em um outro coletivo, deixando para trás não só o veículo, como todos os passageiros da linha 397, que faz o trajeto Campo Grande x Candelária.

Em um vídeo que circula nas redes sociais, o motorista aparece na pista e fazendo sinal. Em seguida, as imagens mostram a situação do ônibus da Transportes Campo Grande abandonado, com passageiros em pé.

O registro continua e mostra o coletivo em que o condutor entrou indo embora.

“O motorista saiu do ônibus, ele deu tchau e pegou outro ônibus. Meu Deus, ele foi embora e deixou o ônibus aqui”, diz a pessoa que fez a gravação.

Em nota, o Rio Ônibus informou que a empresa vai apurar o ocorrido e “tomar as providências cabíveis”. O Sindicato das Empresas de Ônibus da Cidade do Rio ressaltou ainda que a conduta do motorista “não condiz com as instruções dadas aos profissionais do setor, que são constantemente submetidos a treinamentos e cursos de capacitação”.

Estresse pode ser o motivo do abandono, diz sindicato

Para o presidente do Sindicato dos Rodoviários do Rio, Sebastião José, os profissionais buscam cada vez mais a entidade para relatar o estresse e a insegurança, principalmente na Avenida Brasil.

“Infelizmente os motoristas sofrem inúmeros tipos de constrangimentos por parte de alguns usuários; seja em relação a demora de dar o troco da passagem, já que hoje os motoristas acabam fazendo a dupla função como trocador, o estresse vivido quanto a jornada excessiva de trabalho imposta pelas empresas e a falta de segurança nos coletivos; isso tudo eleva o número de estresse desses profissionais”, enumera Sebastião José.

O presidente do Sindicato afirma que essa não será a primeira e nem a última vez que veremos esse comportamento. “Já cobramos e vamos continuar cobrando que as empresas invistam cada vez mais na área psicológica dos funcionários, pois a atitude desse profissional pode ser um alerta nesse sentido. Inclusive estamos cobrando da Viação Campo Grande a ficha de avaliação desse motorista e quando foi realizada sua última avaliação psicológica”, disse Sebastião.