Ouça agora

Ao vivo

Macaé ganha novas redes de esgoto na Aroeira
Norte Fluminense
Macaé ganha novas redes de esgoto na Aroeira
Itaipuaçu recebe evento Passaporte em Ação
Maricá
Itaipuaçu recebe evento Passaporte em Ação
Petrópolis tem 82 hectares de área queimada no primeiro semestre do ano
Destaque
Petrópolis tem 82 hectares de área queimada no primeiro semestre do ano
Eleições Municipais têm mulheres como maioria do eleitorado, revela TSE
Brasil
Eleições Municipais têm mulheres como maioria do eleitorado, revela TSE
Eduardo Paes lança candidatura à reeleição, mas ainda sem o nome do vice. Pedro Paulo é o preferido
Política
Eduardo Paes lança candidatura à reeleição, mas ainda sem o nome do vice. Pedro Paulo é o preferido
Prouni terá mais de 240 mil bolsas no segundo semestre
Brasil
Prouni terá mais de 240 mil bolsas no segundo semestre
Projeto de Judô transforma vida de 280 crianças em Japeri
Baixada Fluminense
Projeto de Judô transforma vida de 280 crianças em Japeri

Vasco se organiza para quitar dívidas com clubes no segundo semestre

Atrasos nos pagamentos das parcelas de jogadores comprados no início do ano prejudicaram a credibilidade do clube na segunda janela.
Foto: Divulgação

Enquanto dentro de campo a missão é deixar a zona de rebaixamento, fora das quatro linhas a SAF também terá um grande trabalho no segundo semestre. Agora sob comando do CEO interino Lúcio Barbosa, o Vasco trabalha para regularizar dívidas.

O Lille chegou a acionar o Vasco na Fifa por Léo Jardim, e o clube depositou o pagamento antes de sofrer Transfer Ban. Nacional-URU e Atlético Tucumán, da Argentina, também foram à entidade máxima do futebol em razão das dívidas por Pumita e Capasso, respectivamente.

O fluxo de caixa foi justamente a justificativa para os atrasos. Nada mais é do que uma ferramenta usada pelas empresas para controlar a movimentação financeira. Acontece que no primeiro semestre saiu mais dinheiro do que entrou, o que costuma ser comum para a maioria dos clubes na primeira parte da temporada. Agora, o planejamento é que vai entrar mais grana do que vai sair, possibilitando ao Vasco quitar essas dívidas.

O Vasco vendeu dois jogadores na última janela: os centroavantes Pedro Raul e Eguinaldo. As transferências para Toluca, do México, e Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, vão render, somadas, mais de R$ 40 milhões aos cofres do clube. É o melhor ano com vendas de atletas da história vascaína.