Ouça agora

Ao vivo

Irmãos Brazão negam envolvimento com milicianos do Rio de Janeiro
Política
Irmãos Brazão negam envolvimento com milicianos do Rio de Janeiro
Justiça considera que Uber é responsável por itens pedidos em entregas
Destaque
Justiça considera que Uber é responsável por itens pedidos em entregas
Mega-sena acumula novamente e prêmio chega a R$ 47 milhões
Brasil
Mega-sena acumula novamente e prêmio chega a R$ 47 milhões
Servidores do INSS entram em greve a partir dessa terça-feira (16/07)
Brasil
Servidores do INSS entram em greve a partir dessa terça-feira (16/07)
Maricá das Artes realiza dois saraus culturais em julho
Cultura
Maricá das Artes realiza dois saraus culturais em julho
Governador e secretária estadual de Saúde do RJ visitam Rio Imagem Baixada e obras do Instituto Estadual do Câncer em Nova Iguaçu
Nova Iguaçu
Governador e secretária estadual de Saúde do RJ visitam Rio Imagem Baixada e obras do Instituto Estadual do Câncer em Nova Iguaçu
Governo quer colocar travas para apostadores compulsivos em bets e jogos, como o do tigrinho
Brasil
Governo quer colocar travas para apostadores compulsivos em bets e jogos, como o do tigrinho

Sinéad O’Connor, cantora irlandesa, morre aos 56 anos

Artista ganhou fama internacional em 1990, com a música "Nothing Compares 2 U". Ela deixa três filhos
Foto: Redes Sociais

A cantora Sinéad O’Connor morreu nesta terça-feira aos 56 anos. A irlandesa ganhou fama internacional em 1990, com a música “Nothing Compares 2 U”. O’Connor nasceu em uma família em Dublin em 8 de dezembro de 1966.

A cantora passou por um trauma no ano passado, quando perdeu o filho Shane O’Connor, de apenas 17 anos, encontrado morto na cidade de Wicklow, também na Irlanda. Na ocasião, a cantora declarou que Shane “decidiu encerrar sua luta terrena” e ameaçou processar o hospital onde o garoto, que lutava contra a depressão, estava internado. Shane é filho da cantora com ex-marido, o cantor folk Donal Lunny.

O’Connor recebeu o prêmio de Álbum Irlandês Clássico no RTÉ Choice Music Awards no início deste ano. Segundo o Irish Times, na ocasião, a cantora foi aplaudida de pé ao dedicar o prêmio, por I Do Not Want What I Haven’t Got, a “todo e qualquer membro da comunidade de refugiados da Irlanda”.

A cantora havia se convertido ao Islamismo em 2018, quando também trocou de nome, passando a adotar Shuhada ‘Sadaqat. Em sua última publicação nas redes sociais, em 2016, Sinead compartilhou uma foto em preto e branco com a legenda: “Ame a vida que tens e agradece o que és!!!”.

Segundo o Irish Times, a artista lançou 10 álbuns de estúdio, enquanto sua música Nothing Compares 2 U foi eleita o single número um do mundo em 1990 pelo Billboard Music Awards.

As causas da morte não foram divulgadas. O’Connor deixa três filhos.