Ouça agora

Ao vivo

Putin faz exigências para “negociar a paz” com a Ucrânia após encontro do G7
Mundo
Putin faz exigências para “negociar a paz” com a Ucrânia após encontro do G7
Justiça considera ilegal greve dos educadores de Macaé
Norte Fluminense
Justiça considera ilegal greve dos educadores de Macaé
Governo do estado cria Observatório do Feminicídio
Estado
Governo do estado cria Observatório do Feminicídio
Polícia Militar expande programas de polícia de proximidade na zona sul
Rio de Janeiro
Polícia Militar expande programas de polícia de proximidade na zona sul
Prédio no Centro Histórico de Petrópolis é destruído por incêndio
Região Serrana
Prédio no Centro Histórico de Petrópolis é destruído por incêndio
Termina hoje prazo para inscrição no Enem
Destaque
Termina hoje prazo para inscrição no Enem
RS receberá caravana do governo para garantir acesso a benefícios
Política
RS receberá caravana do governo para garantir acesso a benefícios

Seleção feminina goleia o Chile no amistoso de despedida da torcida antes da Copa do Mundo

Marta entra no segundo tempo e é ovacionada por quase 16 mil torcedores no Mané Garrincha
Foto: REUTERS/Ueslei Marcelino

A despedida da seleção brasileira feminina antes de viajar para a Copa do Mundo foi em clima de festa, com direito a goleada: diante de quase 16 mil torcedores no Mané Garrincha, em Brasília, a equipe da técnia Pia Sundhage venceu o amistoso contra o Chile por 4 a 0, com gols de Gabi Nunes, Duda Sampaio, Luana e Geyse. Nesta segunda-feira, a delegação embarca para a Austrália em busca do título mundial inédito.

Última a se apresentar no sábado, devido ao atraso no seu voo para Brasília, Marta ficou no banco e, pelo planejamento da treinadora, não iria entrar. Mas Pia se rendeu aos pedidos da torcida, e a camisa 10 entrou aos 29 do segundo tempo. No fim da partida, em entrevista à repórter Gabriela Moreira, Marta mostrou tranquilidade sobre a possibilidade de não ser titular na Copa.

– Eu não conversei com ela (Pia) sobre isso, até porque nunca conversei com nenhum treinador sobre ser titular ou algo desse tipo. As coisas sempre aconteceram de maneira natural. Hoje eu tenho a devida noção de que eu não sou a Marta de 20 anos atrás, mas a maior felicidade é ver que independente de eu estar em campo ou não, vão ter atletas que vão representar bem o nosso país com muito talento, muito amor e muito carinho – afirmou.

A delegação brasileira viaja nesta segunda-feira, às 5h da manhã, em voo fretado, com destino a Gold Coast, na Austrália, local da primeira fase de treinamentos. A equipe seguirá no dia 18 para Brisbane, onde será a base da seleção na primeira fase da Copa. A estreia no Grupo F será no dia 24 de julho, contra o Panamá, em Adelaide. Depois, o Brasil jogará contra a França, dia 29, em Brisbane, e Jamaica, dia 2 de agosto, em Melbourne.