Ouça agora

Ao vivo

PM prende homem com drogas em Macaé
Norte Fluminense
PM prende homem com drogas em Macaé
Segurança Presente resgata 42 pessoas de um suposto centro de reabilitação clandestino em Nova Iguaçu
Nova Iguaçu
Segurança Presente resgata 42 pessoas de um suposto centro de reabilitação clandestino em Nova Iguaçu
Anuário Brasileiro de Segurança Pública aponta redução das Mortes Violentas Intencionais no RJ
Destaque
Anuário Brasileiro de Segurança Pública aponta redução das Mortes Violentas Intencionais no RJ
Escola Municipal do Idoso está com inscrições abertas até o dia 23/07
Maricá
Escola Municipal do Idoso está com inscrições abertas até o dia 23/07
Colecionadores podem comprar selos em comemoração aos 50 anos da Hello Kitty
Destaque
Colecionadores podem comprar selos em comemoração aos 50 anos da Hello Kitty
Inscrições para o Prouni abrem nesta terça-feira (23)
Brasil
Inscrições para o Prouni abrem nesta terça-feira (23)
Cláudio Castro autoriza construção de três novos batalhões da PM
Destaque
Cláudio Castro autoriza construção de três novos batalhões da PM

Secretários de Comunicação de todo o Brasil assinam carta-compromisso de combate às fake news no Cristo Redentor

Fórum Nacional das Secretarias Estaduais de Comunicação reuniu 23 líderes para debater os desafios da comunicação governamental
Foto: Rogério Santana

O Rio de Janeiro foi sede do 2° Fórum Nacional das Secretarias Estaduais de Comunicação. Durante dois dias, 23 secretários do Brasil se reuniram para debater os desafios da comunicação governamental. Tendo como anfitrião o secretário de Comunicação do Rio, Igor Marques, o primeiro painel aconteceu na quarta-feira (20/09), com a presença do governador Cláudio Castro, jornalistas renomados e secretários de Estado. Na quinta-feira (21/09), as autoridades e especialistas discutiram sobre a inovação digital e seus impactos na gestão pública e nas licitações, e a regulamentação das rádios comunitárias. No final do encontro, aos pés do Cristo Redentor, os secretários assinaram uma carta-compromisso, que criou a Comissão Permanente de Combate às Fake News.

– Com o fórum, demos um importante passo para combater a desinformação no nosso país, além de discutir outros assuntos de extrema relevância para a comunicação governamental. Trocamos experiências que servirão para aprimorar o trabalho de todos nós, secretários, e que contribuirão com os nossos governos, beneficiando assim a população. No fim do encontro, firmamos o compromisso de fortalecer a democracia da informação, prevenindo e combatendo as fake news – declarou o secretário Igor Marques.

A carta será entregue aos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, por meio da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal. No documento, as autoridades defenderam a implementação de políticas públicas visando à correta divulgação dos fatos e o investimento em campanhas e ações para alertar a população sobre a necessidade de se buscar informações em fontes confiáveis. Os secretários ressaltaram ainda a importância de trabalhar em consonância com as empresas jornalísticas de comunicação de massa e demais membros da sociedade.

Primeiro painel

O primeiro dia de evento foi marcado pelo painel “O Brasil e os desafios das gestões estaduais no combate às fake news”. O debate contou com palestra da juíza Caroline Tauk, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região. A magistrada falou sobre o papel e as ações do Judiciário; a liberdade de expressão e a importância da união entre os Poderes e a sociedade civil para enfrentar informações mentirosas. O governador acompanhou o seminário.

– Quero parabenizar os secretários de Comunicação do Brasil, que começaram esse processo de se organizar para uniformizar a comunicação governamental. A integração da imprensa com as secretarias e outros poderes é essencial para um crescimento conjunto. Debater sobre as fake news é importante, porque uma informação mentirosa pode, inclusive, destruir vidas. Temos a missão de ser fonte para a imprensa e ser acessível à sociedade – ressaltou o governador.

Seminário Foco no Digital

Na quinta-feira, o seminário “Foco no digital: do processo licitatório ao diálogo com a população” contou com a participação de especialistas em direito público, gestão e marketing, além dos 22 secretários do setor. O vice-governador, Thiago Pampolha, participou da mesa de abertura e reforçou a importância do fórum para um melhor desempenho da comunicação institucional.

– Não existe um governo que consiga se aproximar da população, mantendo um diálogo franco e verdadeiro, sem o intermédio da Comunicação, porque são profissionais engajados e envolvidos nas agendas do dia a dia de cada Estado, trazendo à tona conteúdos íntegros e relevantes. No Rio de Janeiro, levamos isso muito a sério com liderança e polarização política, com um time empoderado e qualificado – disse Pampolha.

Também presente na mesa de abertura do segundo dia do fórum, o presidente do Conselho das Secretarias Estaduais de Comunicação e secretário da Bahia, André Curvello, elogiou a organização e a escolha dos assuntos debatidos no evento.

– Estamos tendo dias muito produtivos, e percebemos que o fórum está ganhando uma formatação. Queremos que esse setor se organize cada vez mais para a construção de uma sociedade melhor – afirmou Curvelo.

Primeiro Centro de Mídia governamental do Brasil

Após os painéis de discussão, o secretário Igor Marques apresentou aos outros membros do conselho o projeto do futuro Centro de Mídia do Governo do Rio de Janeiro, que está sendo construído no Palácio Guanabara. Primeiro do Brasil, tem como objetivo criar uma ampla e moderna estrutura com equipamentos de última tecnologia para atender os times de comunicação do Executivo fluminense, assim como profissionais de veículos de imprensa.

A estrutura contará com três pavimentos e quase 1.300m² de área, alocando profissionais do governo e auxiliando jornalistas que estarão trabalhando em eventos oficiais. A estimativa é que receba até 250 profissionais diariamente, quando finalizado.