Ouça agora

Ao vivo

Dia Mundial sem Tabaco é lembrado em Macaé
Norte Fluminense
Dia Mundial sem Tabaco é lembrado em Macaé
Maratona do Rio 2024 começa nesta quinta-feira com recorde de inscritos
Rio de Janeiro
Maratona do Rio 2024 começa nesta quinta-feira com recorde de inscritos
Prefeitura de Maricá divulga programação de Corpus Christi
Maricá
Prefeitura de Maricá divulga programação de Corpus Christi
Paraty e Angra dos Reis recebem lançamento de livro sobre a Costa Verde
Angra dos Reis
Paraty e Angra dos Reis recebem lançamento de livro sobre a Costa Verde
Prazo para adesão ao Desenrola Fies é prorrogado até 31 de agosto
Destaque
Prazo para adesão ao Desenrola Fies é prorrogado até 31 de agosto
Estudantes de Caxias ganham nova escola municipal bilíngue
Baixada Fluminense
Estudantes de Caxias ganham nova escola municipal bilíngue
Ocupação hoteleira na Região dos Lagos deve ultrapassar os 75% durante o feriadão de Corpus Christi
Costa do Sol
Ocupação hoteleira na Região dos Lagos deve ultrapassar os 75% durante o feriadão de Corpus Christi

Secretaria de Estado de Saúde monitora casos de meningite meningocócica em Campos dos Goytacazes

Pacientes infectados não tinham esquema vacinal completo. Após reunião no novo Centro de Inteligência em Saúde (CIS-RJ), e estado e município criaram estratégias para conter a doença
Foto: Reprodução

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro (SES-RJ), em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Campos dos Goytacazes, está intensificando a vacinação contra a meningite meningocócica no município, depois da detecção de quatro casos na cidade em menos de 30 dias. Além disso, como forma de prevenção, foi dado início ao tratamento precoce das pessoas que tiveram contato próximo com os pacientes infectados.

As medidas foram tomadas após uma reunião emergencial, na quinta-feira (20), para analisar a situação epidemiológica de Campos dos Goytacazes. O encontro virtual foi o primeiro do tipo envolvendo os recursos do novo Centro de Inteligência em Saúde (CIS) da SES-RJ, de onde participaram os técnicos da secretaria. A reunião contou ainda com representantes do Ministério da Saúde, da Secretaria Municipal de Campos e do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).

“Esse é um trabalho de Vigilância e, graças ao nosso novo Centro de Inteligência em Saúde, tivemos uma análise rápida da Sala de Situação de Campos em diversos formatos, com gráficos, mapas, documentos técnicos e relatórios estratégicos para contribuir com as autoridades municipais e adotar as medidas necessárias”, afirmou o secretário de Estado de Saúde, Dr. Luizinho.

Salas de Situação são espaços de inteligência em saúde, dotados de visão integral e intersetorial que, partindo da análise e da avaliação permanente da situação de saúde. Atuam como instância integradora da informação para a Vigilância em Saúde Pública nas diferentes áreas e níveis, constituindo assim um órgão de assessoria direta capaz de aportar informação oportuna e relevante para apoiar, com uma base técnico-científica, o processo de tomada de decisões

Entre as ações a curto prazo já realizadas pelas equipes do município de Campos estão a atualização do cartão vacinal nas creches e escolas dos pacientes e ações nos quatro bairros que apresentaram casos, além da quimioprofilaxia dos contactantes, ou seja, tratamento precoce de quem teve contato com os pacientes. Como estratégia de médio prazo, a SES-RJ distribuirá mais doses do imunizante para a cidade. O objetivo é que a vacinação seja intensificada para crianças até 10 anos de idade contra a Meningite C e entre 11 e 14 anos com a vacina ACWY (imunizante para os demais tipos da doença). Outra medida foi um alerta emitido à rede assistencial de Campos para percepção de casos com diagnóstico similar ao da meningite.

Dos quatro casos confirmados, nenhum apresenta histórico de esquema vacinal completo contra a meningite meningocócica. Todos são do sexo masculino e de bairros diferentes da cidade: Tocos, Jockey Club, Penha e Morro do Coco. Em todo o ano de 2022, a cidade de Campos dos Goytacazes teve apenas dois casos de meningite. Em 2023, o estado do Rio de Janeiro contabiliza, até o momento, 26 casos e 5 óbitos provocados pela meningite meningocócica. Os dados são do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) e estão sujeitos à alteração.

A SES-RJ informa que, apesar do alerta, a cidade de Campos dos Goytacazes ainda não vive um surto da doença. A secretaria seguirá vigilante ao cenário epidemiológico na região para adotar medidas para conter a transmissão da doença.