Ouça agora

Ao vivo

Putin faz exigências para “negociar a paz” com a Ucrânia após encontro do G7
Mundo
Putin faz exigências para “negociar a paz” com a Ucrânia após encontro do G7
Justiça considera ilegal greve dos educadores de Macaé
Norte Fluminense
Justiça considera ilegal greve dos educadores de Macaé
Governo do estado cria Observatório do Feminicídio
Estado
Governo do estado cria Observatório do Feminicídio
Polícia Militar expande programas de polícia de proximidade na zona sul
Rio de Janeiro
Polícia Militar expande programas de polícia de proximidade na zona sul
Prédio no Centro Histórico de Petrópolis é destruído por incêndio
Região Serrana
Prédio no Centro Histórico de Petrópolis é destruído por incêndio
Termina hoje prazo para inscrição no Enem
Destaque
Termina hoje prazo para inscrição no Enem
RS receberá caravana do governo para garantir acesso a benefícios
Política
RS receberá caravana do governo para garantir acesso a benefícios

Rompimento de tubulação causa estrondo e clarão na CSN em Volta Redonda

Empresa afirmou que tubulação não estava em funcionamento e que ninguém se machucou. CSN disse que não houve incêndio ou dano ambiental.
Foto: Reprodução

O rompimento de uma tubulação da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) causou um estrondo e clarão em Volta Redonda (RJ), na noite desta segunda-feira (3). A empresa informou que não há feridos.

A CSN disse que o rompimento atingiu uma tubulação da Central Termoelétrica da Usina Presidente Vargas (CTE), que não estava em funcionamento, por volta das 21h10.

A CTE fica na região central da cidade. O estrondo foi ouvido em vários bairros da cidade, como Belmonte, Retiro, Jardim Provence e Conforto.

Os bombeiros foram chamados, mas não houve incêndio, segundo a empresa. “Apesar do estrondo e do clarão, nenhuma pessoa foi atingida em qualquer nível”, afirmou.

A companhia informou ainda que não houve qualquer tipo de dano ambiental e que está investigando as causas do rompimento.

Nota da CSN

“Uma tubulação da CTE (central termoelétrica) da Usina Presidente Vargas se rompeu, por volta das 21h10 desta segunda-feira, dia 03/07.

A caldeira da referida tubulação estava fora de funcionamento no momento do episódio. Apesar do estrondo e do clarão, nenhuma pessoa foi atingida em qualquer nível.

Os bombeiros foram acionados por precaução e protocolo, mas não houve incêndio. Também não ocorreu qualquer tipo de dano ambiental.”