Ouça agora

Ao vivo

Putin faz exigências para “negociar a paz” com a Ucrânia após encontro do G7
Mundo
Putin faz exigências para “negociar a paz” com a Ucrânia após encontro do G7
Justiça considera ilegal greve dos educadores de Macaé
Norte Fluminense
Justiça considera ilegal greve dos educadores de Macaé
Governo do estado cria Observatório do Feminicídio
Estado
Governo do estado cria Observatório do Feminicídio
Polícia Militar expande programas de polícia de proximidade na zona sul
Rio de Janeiro
Polícia Militar expande programas de polícia de proximidade na zona sul
Prédio no Centro Histórico de Petrópolis é destruído por incêndio
Região Serrana
Prédio no Centro Histórico de Petrópolis é destruído por incêndio
Termina hoje prazo para inscrição no Enem
Destaque
Termina hoje prazo para inscrição no Enem
RS receberá caravana do governo para garantir acesso a benefícios
Política
RS receberá caravana do governo para garantir acesso a benefícios

Romário é internado às pressas após passar mal

Tetracampeão com a Seleção Brasileira, parlamentar deu entrada em um hospital da Zona Oeste do Rio com quadro de infecção intestinal
Foto: Divulgação

O senador Romário (PL-RJ), de 57 anos, foi internado na quinta-feira (13) no Hospital Barra d’Or, no Rio de Janeiro, após passar mal. De acordo com a assessoria do parlamentar, ele está com uma infecção, e seu quadro de saúde é estável.

Não é a primeira vez nos últimos anos que o Baixinho tem problemas de saúde. Em 2021, ele passou por uma cirurgia de emergência – na ocasião, a assessoria do parlamentar disse que ele foi submetido a essa cirurgia para retirada da vesícula e que o procedimento ocorreu sem complicações. No fim de 2016, Romário fez uma cirurgia de redução do estômago com o intuito de controlar o diabetes. Já em 2013, quando era deputado federal, Romário foi submetido a uma operação de hérnia de disco.

Tetracampeão do mundo com a Seleção Brasileira de Futebol em 1994, Romário foi reeleito senador pelo Rio de Janeiro nas eleições de 2022. Ele exerceu o cargo de deputado federal entre 2011 e 2015. Em 2021, Romário deixou o Podemos – sigla a qual fazia parte desde 2017 -, para se filiar ao Partido Liberal (PL), mesma legenda do ex-presidente Jair Bolsonaro. O ex-jogador também foi filiado ao Progressistas (2001-2009) e ao Partido Socialista Brasileiro (2009-2017).