Ouça agora

Ao vivo

Rio das Ostras fecha ruas para oferecer mais segurança no Jazz e Blues
Costa do Sol
Rio das Ostras fecha ruas para oferecer mais segurança no Jazz e Blues
Defesa Civil de Macaé divulga comunicado sobre rajadas de vento na região
Norte Fluminense
Defesa Civil de Macaé divulga comunicado sobre rajadas de vento na região
Defesa Civil de Angra presta auxílio ao Rio Grande do Sul
Angra dos Reis
Defesa Civil de Angra presta auxílio ao Rio Grande do Sul
Assistência Social registra quase 3 mil atendimentos no mutirão do CadÚnico
Maricá
Assistência Social registra quase 3 mil atendimentos no mutirão do CadÚnico
Cinema e cultura popular são os destaques da semana no II Festival de Artes de Nova Iguaçu
Nova Iguaçu
Cinema e cultura popular são os destaques da semana no II Festival de Artes de Nova Iguaçu
Polícia Civil faz operação contra venda ilícita de cobre em diversas regiões do RJ
Estado
Polícia Civil faz operação contra venda ilícita de cobre em diversas regiões do RJ
Lojistas cariocas esperam aumento de 4% nas vendas para o 12 de Junho
Rio de Janeiro
Lojistas cariocas esperam aumento de 4% nas vendas para o 12 de Junho

Rio de Janeiro cria comitê para receber cúpula do G20 em 2024

Reunião será realizada em novembro de 2024 com os integrantes das maiores potências econômicas mundiais.
Foto: Reprodução

O Rio de Janeiro criou um comitê de organização para receber a cúpula dos chefes de Estado dos países do G20 em 2024. O presidente da delegação será o secretário municipal de Meio Ambiente, Lucas Padilha.

No início de maio, foi confirmado que o Rio sediará a reunião da cúpula do G20. O pleito para sediar o encontro, que será realizado em novembro, foi apresentado pelo governo fluminense no começo deste ano ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Tradicionalmente, eventos com chefes de Estado tendem a acontecer em Brasília, no Distrito Federal. No entanto, o Rio de Janeiro é uma porta de entrada para turistas internacionais e já sediou grandes eventos como a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016.

O governador Cláudio Castro (PL) comemorou a escolha do Estado para sediar o encontro da cúpula em suas redes sociais: “As 20 maiores potências econômicas mundiais estarão reunidas e serão convidadas mais 10 nações, totalizando 30. Tudo isso está sendo possível, graças aos esforços e empenho que estamos tendo em promover o Rio de Janeiro para o mundo. Esse encontro é um marco para a nossa história”, escreveu.

A partir de dezembro deste ano o Brasil vai assumir a presidência rotativa do G20.

Os países do G20 representam cerca de 85% do Produto Interno Bruto (PIB) mundial, 75% do comércio global e abrigam dois terços da população do planeta.