Ouça agora

Ao vivo

Dia Mundial sem Tabaco é lembrado em Macaé
Norte Fluminense
Dia Mundial sem Tabaco é lembrado em Macaé
Maratona do Rio 2024 começa nesta quinta-feira com recorde de inscritos
Rio de Janeiro
Maratona do Rio 2024 começa nesta quinta-feira com recorde de inscritos
Prefeitura de Maricá divulga programação de Corpus Christi
Maricá
Prefeitura de Maricá divulga programação de Corpus Christi
Paraty e Angra dos Reis recebem lançamento de livro sobre a Costa Verde
Angra dos Reis
Paraty e Angra dos Reis recebem lançamento de livro sobre a Costa Verde
Prazo para adesão ao Desenrola Fies é prorrogado até 31 de agosto
Destaque
Prazo para adesão ao Desenrola Fies é prorrogado até 31 de agosto
Estudantes de Caxias ganham nova escola municipal bilíngue
Baixada Fluminense
Estudantes de Caxias ganham nova escola municipal bilíngue
Ocupação hoteleira na Região dos Lagos deve ultrapassar os 75% durante o feriadão de Corpus Christi
Costa do Sol
Ocupação hoteleira na Região dos Lagos deve ultrapassar os 75% durante o feriadão de Corpus Christi

Projeto ‘Revi-VER’ fará mais 480 cirurgias de catarata em Volta Redonda

O projeto Revi-VER já realizou mais de 12 mil cirurgias oferecidas pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

O projeto “Revi-VER”, da Prefeitura de Volta Redonda, de cirurgias de catarata, foi retomado nesta terça-feira (20). A expectativa é que até sexta-feira (23), 480 procedimentos sejam realizados em um centro cirúrgico oftalmológico móvel instalado na Ilha São João. Ao todo, o projeto Revi-VER já realizou mais de 12 mil cirurgias, ajudando milhares de pessoas a voltar a enxergar. Todos os procedimentos oferecidos acontecem pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

Além das cirurgias, a previsão é que 200 pessoas que já se submeteram ao procedimento no mês passado retornem para avaliação médica. Outras 450 passarão por exames pré-operatórios de biometrias ópticas, utilizados para o cálculo preciso das lentes intraoculares a serem implantadas durante a cirurgia de catarata.

Pode se inscrever no programa qualquer morador do município de Volta Redonda que já tenha sido diagnosticado com catarata. A pessoa ou algum parente deve procurar o Dipa (Departamento de Informação, Programação e Avaliação), que fica na sede da Secretaria de Saúde, no prédio do antigo hospital Santa Margarida, no bairro Niterói. O atendimento é feito de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. É necessário levar o Cartão SUS ou CPF e documento com foto do paciente. As pessoas que já fizeram cadastro para cirurgia no Dipa devem aguardar a convocação da Secretaria de Saúde, através de comunicação oficial.