Ouça agora

Ao vivo

Dia Mundial sem Tabaco é lembrado em Macaé
Norte Fluminense
Dia Mundial sem Tabaco é lembrado em Macaé
Maratona do Rio 2024 começa nesta quinta-feira com recorde de inscritos
Rio de Janeiro
Maratona do Rio 2024 começa nesta quinta-feira com recorde de inscritos
Prefeitura de Maricá divulga programação de Corpus Christi
Maricá
Prefeitura de Maricá divulga programação de Corpus Christi
Paraty e Angra dos Reis recebem lançamento de livro sobre a Costa Verde
Angra dos Reis
Paraty e Angra dos Reis recebem lançamento de livro sobre a Costa Verde
Prazo para adesão ao Desenrola Fies é prorrogado até 31 de agosto
Destaque
Prazo para adesão ao Desenrola Fies é prorrogado até 31 de agosto
Estudantes de Caxias ganham nova escola municipal bilíngue
Baixada Fluminense
Estudantes de Caxias ganham nova escola municipal bilíngue
Ocupação hoteleira na Região dos Lagos deve ultrapassar os 75% durante o feriadão de Corpus Christi
Costa do Sol
Ocupação hoteleira na Região dos Lagos deve ultrapassar os 75% durante o feriadão de Corpus Christi

Procuradorias dos Estados do Rio de Janeiro e São Paulo estabelecem parceria para combate à fraude fiscal

Os órgãos trabalhão em cooperação para troca de informações e novos mecanismos de recuperação de créditos públicos.
Foto: Reprodução Internet

A Procuradoria Geral do Estado do Rio de Janeiro (PGE-RJ) e a Procuradoria Geral do Estado de São Paulo (PGE-SP) firmaram parceria técnica para o desenvolvimento de atuações conjuntas de combate à fraude fiscal. O documento foi assinado pelo procurador-geral Bruno Dubeux, do estado do Rio de Janeiro, e pela procuradora-geral Inês Coimbra, de São Paulo, e prevê a identificação dos setores econômicos, as atividades e os devedores nos dois estados, para a definição da atuação prioritária.

“A partir dessa iniciativa, as duas Procuradorias trabalharão em conjunto, de forma a combater a fraude fiscal, trocar experiências e aprimorar mecanismos de recuperação de créditos públicos”- declarou o procurador-geral do Estado do Rio, Bruno Dubeux.

A procuradora-geral Inês Coimbra, do estado de São Paulo, também se manifestou positivamente com a parceria entre os órgãos.

“Trata-se de importante instrumento de cooperação com vistas ao combate de fraudes fiscais estruturadas, agora devidamente formalizado e publicado” – disse Inês Coimbra.

A cooperação entre as Procuradorias na prática, se refere à colaboração entre os órgãos envolvidos para compartilhamento de provas, realização de providências conjuntas e ações para dar andamento aos processos relacionados à evasão fiscal. Em geral, esse tipo de acordo irá aumentar a fiscalização para que sejam dadas punição de práticas ilegais, e que haja recuperação dos valores devidos aos cofres públicos, contribuindo para uma maior justiça fiscal e arrecadação adequada de impostos.