Ouça agora

Ao vivo

Dia Mundial sem Tabaco é lembrado em Macaé
Norte Fluminense
Dia Mundial sem Tabaco é lembrado em Macaé
Maratona do Rio 2024 começa nesta quinta-feira com recorde de inscritos
Rio de Janeiro
Maratona do Rio 2024 começa nesta quinta-feira com recorde de inscritos
Prefeitura de Maricá divulga programação de Corpus Christi
Maricá
Prefeitura de Maricá divulga programação de Corpus Christi
Paraty e Angra dos Reis recebem lançamento de livro sobre a Costa Verde
Angra dos Reis
Paraty e Angra dos Reis recebem lançamento de livro sobre a Costa Verde
Prazo para adesão ao Desenrola Fies é prorrogado até 31 de agosto
Destaque
Prazo para adesão ao Desenrola Fies é prorrogado até 31 de agosto
Estudantes de Caxias ganham nova escola municipal bilíngue
Baixada Fluminense
Estudantes de Caxias ganham nova escola municipal bilíngue
Ocupação hoteleira na Região dos Lagos deve ultrapassar os 75% durante o feriadão de Corpus Christi
Costa do Sol
Ocupação hoteleira na Região dos Lagos deve ultrapassar os 75% durante o feriadão de Corpus Christi

Procon e Conselho de Veterinária fazem fiscalização e interditam clínicas na zona norte do Rio

Em breve, outros municípios e regiões da capital serão contemplados com estas ações em conjunto
Foto: Divulgação

O ProconRJ realizou, nesta quinta-feira (18), uma operação de fiscalização em clínicas veterinárias e aviário na zona norte do Rio, juntamente com o Conselho de Medicina Veterinária, para apurar denúncias de irregularidades.
Ao todo, seis locais foram fiscalizados, sendo três interditados e cinco autuados.

Um dos estabelecimentos apresentava-se como Hospital Veterinário, porém, não tinha as condições obrigatórias para funcionamento. Foi identificada a falta de um laboratório básico (conforme determina resolução do Conselho Federal de Medicina Veterinária), medicamentos vencidos, – inclusive anestésicos – além de um freezer lotado com animais mortos e mal acondicionados. Esses, inclusive, não possuiam nenhum tipo de identificação, impossibilitando o controle e contrariando o Manual de Vigilância, Prevenção e Controle de zoonozes.

Além disso, no ambiente de internação, a temperatura estava acima da recomendada, causando desconforto aos animais. Os peritos da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente foram acionados para avaliação e o responsável do hospital foi conduzido à delegacia.

O aviário, localizado em Irajá, foi fiscalizado e interditado devido às condições precárias de higiene apresentadas, assim como balcão refrigerado quebrado na área de vendas e presença de diversas moscas no local. Por estarem mal armazenados, os alimentos no balcão, além de alguns produtos – aparentemente de limpeza – sem especificação, foram descartados pelo responsável do local.

O ProconRJ e a CRMV sugeriram o envio à DPMA para a apuração de maus tratos às aves.

Já no Cachambi, uma clínica foi interditada pois não possuia nenhum tipo de autorização para funcionamento.

Em cinco dos locais fiscalizados, foram identificados produtos e medicamentos vencidos, para os quais foi indicado o descarte adequado.

Segundo o presidente do ProconRJ, Cássio Coelho, esse tipo de fiscalização é extremamente importante para garantir que os consumidores não coloquem em risco a segurança e vida de seus animais de estimação. “Recebemos denúncias de estabelecimentos que estariam exercendo as atividades de maneira irregular, sem registro ou autorização, lesando o consumidor final e afetando diretamente na qualidade da prestação do serviço, além de deixar os animais a mercê da própria sorte. Essa operação conjunta com a CRMV-RJ visa zelar pelos direitos consumeristas, coibindo as irregularidades do mercado de consumo”, explica Coelho.

Em breve, outros municípios e regiões da capital serão contemplados com estas ações em conjunto