Ouça agora

Ao vivo

Comando de Polícia Rodoviária registra queda no número de acidentes com vítimas fatais durante o feriado de São Jorge
Destaque
Comando de Polícia Rodoviária registra queda no número de acidentes com vítimas fatais durante o feriado de São Jorge
Alerj aprova projeto para ampliar combate ao trabalho análogo à escravidão
Política
Alerj aprova projeto para ampliar combate ao trabalho análogo à escravidão
Prefeitura do Rio promove consulta pública sobre concessão de parques municipais
Rio de Janeiro
Prefeitura do Rio promove consulta pública sobre concessão de parques municipais
Maricá recebe prêmio destaque do artesanato na 16ª Rio Artes
Maricá
Maricá recebe prêmio destaque do artesanato na 16ª Rio Artes
Passagem de carretas interditará descida da serra de Petrópolis na madrugada de 25/04
Estado
Passagem de carretas interditará descida da serra de Petrópolis na madrugada de 25/04
Cidades do Rio podem ganhar “Café do Trabalhador”
Política
Cidades do Rio podem ganhar “Café do Trabalhador”
CBF divulga data e horário dos jogos da terceira fase da Copa do Brasil
Esportes
CBF divulga data e horário dos jogos da terceira fase da Copa do Brasil

Preço da gasolina vai aumentar nesta quinta-feira (01) com mudança do ICMS

O tributo estadual passará a ser cobrado com uma alíquota fixa de R$ 1,22 por litro a partir desta quinta-feira, o que causará aumento do combustível em alguns estados brasileiros
Foto: Reprodução Internet

A maioria dos estados brasileiros sentirão o bolso pesar nesta quinta-feira (01) na hora de abastecer o veículo. Com a nova sistemática de cobrança do ICMS, o imposto estadual cobrado sobre a gasolina vai aumentar o preço final do combustível. A partir de amanhã o tributo passará a ser cobrado em valores, e não mais em percentual. Os estados acordaram uma alíquota fixa de R$ 1,22 por litro. O valor será válido para todos os estados brasileiros, Apenas em três estados (Alagoas, Amazonas e Piauí) haverá queda.

Para quanto a gasolina irá aumentar em cada estado?

Acre: R$ 1,1854

Amapá: R$ 0,9478

Bahia: R$ 1,1419

Ceará: R$ 1,1534

Distrito Federal: R$ 1,0251

Espírito Santo: R$ 0,9668

Goiás: R$ 0,9328

Maranhão: R$ 1,0961

Minas Gerais: R$ 0,9790

Mato Grosso do Sul: R$ 0,9233

Mato Grosso: R$ 0,9514

Pará: R$ 1,0791

Paraíba: R$ 0,9629

Pernambuco: R$ 0,9643

Paraná: R$ 1,0024

Rio de Janeiro: R$ 1,0129

Rio Grande do Norte: R$ 1,2046

Rondônia: R$ 1,0489

Roraima: R$ 1,0530

Rio Grande do Sul: R$ 0,9298

Santa Catarina: R$ 0,9522

Sergipe: R$ 1,0501

São Paulo: R$ 0,9626

Tocantins: R$ 1,1676

Estados que terão queda no preço do combustível

Alagoas – R$ 1,2553

Amazonas – R$ 1,3306

Piauí – R$ 1,3395

 

O valor das alíquotas fixas foi definido em março deste ano pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz). Em maio, o diesel passou a ter uma cobrança de R$ 0,94 por litro, o mesmo ocorreu com o gás de botijão, cujo valor do ICMS passou a R$ 16,34, provocando o aumento do preço do gás que subiu em 21 das 27 unidades da federação.

A mudança no ICMS da gasolina virá acompanhada de outra alteração. No dia 1º de julho está prevista a volta integral da cobrança de impostos federais (PIS/Cofins e Cide) sobre a gasolina e o etanol, que foi zerada no período eleitoral pelo ex-presidente Jair Bolsonaro e segue sendo mantida até o dia 30 de junho, via medida provisória.