Ouça agora

Ao vivo

Macaé ganha novas redes de esgoto na Aroeira
Norte Fluminense
Macaé ganha novas redes de esgoto na Aroeira
Itaipuaçu recebe evento Passaporte em Ação
Maricá
Itaipuaçu recebe evento Passaporte em Ação
Petrópolis tem 82 hectares de área queimada no primeiro semestre do ano
Destaque
Petrópolis tem 82 hectares de área queimada no primeiro semestre do ano
Eleições Municipais têm mulheres como maioria do eleitorado, revela TSE
Brasil
Eleições Municipais têm mulheres como maioria do eleitorado, revela TSE
Eduardo Paes lança candidatura à reeleição, mas ainda sem o nome do vice. Pedro Paulo é o preferido
Política
Eduardo Paes lança candidatura à reeleição, mas ainda sem o nome do vice. Pedro Paulo é o preferido
Prouni terá mais de 240 mil bolsas no segundo semestre
Brasil
Prouni terá mais de 240 mil bolsas no segundo semestre
Projeto de Judô transforma vida de 280 crianças em Japeri
Baixada Fluminense
Projeto de Judô transforma vida de 280 crianças em Japeri

Polícia descarta alimentos vencidos e prende gerente de mercado no Grajaú

Ação foi desencadeada após informação, recebida pelo Disque Denúncia, de que o local comercializava carnes bovinas, de aves e embutidos “apodrecidas”
Foto: Polícia Civil

Policiais da Delegacia Especial de Crimes contra o Consumidor (DECON), com o objetivo de apurar denúncias e fiscalizar estabelecimentos que comercializariam produtos impróprios para o consumo, sem indicação de origem ou procedência e ainda em desacordo com as normas sanitárias, realizaram uma ação na Rua Barão de Mesquita, bairro Grajaú, a fim de verificar a procedência de informação recebida pelo Disque Denúncia, no sentido de que, no local, havia um mercado comercializando carnes bovinas, de aves e embutidos “apodrecidas”.

No local, a equipe foi recebida pelo gerente do estabelecimento, onde foram encontrados alimentos, como carnes de frango expostos à venda com a data de validade vencida, confirmando a informação contida na denúncia, bem como queijos e salsichas igualmente expostos na área de vendas fora da data de vencimento, além de caixas de hambúrgueres vencidas e armazenadas na câmara fria, prontos para venda.

Em outras áreas do estabelecimento, também foram constatadas mais impropriedades, como na padaria, onde foi encontrada farinha com data de validade vencida sendo utilizada na fabricação de pães e bolos. Salgados não comercializados eram armazenados no refrigerador para posteriormente serem reaquecidos e expostos à venda.

Todo o material identificado como impróprio ao consumo humano foi descartado e o gerente responsável pelo estabelecimento foi preso em flagrante por crime contra as relações de consumo e encaminhado à DECON, na Cidade da Polícia.

Denúncias ajudam na fiscalização

A DECON reforça que ações como estas buscam garantir ao consumidor o direito de adquirir produtos ou serviços de qualidade, que não afetem a saúde da população, assim como de estabelecimentos que estejam em conformidade com os órgãos reguladores e sanitários. Denúncias podem ser feitas para o telefone (21) 98596-7523 ou ainda ao Disque-denúncia (2253-1177), com garantia de sigilo absoluto.