Ouça agora

Ao vivo

Prefeitura de Duque de Caxias anuncia canalização do canal dois irmãos
Baixada Fluminense
Prefeitura de Duque de Caxias anuncia canalização do canal dois irmãos
Prefeitura vai levar artesanato de Angra para o Rio Artes
Angra dos Reis
Prefeitura vai levar artesanato de Angra para o Rio Artes
Prefeitura de Nova Iguaçu retoma obras do Viaduto de Comendador Soares
Nova Iguaçu
Prefeitura de Nova Iguaçu retoma obras do Viaduto de Comendador Soares
TRE-RJ amplia horário de atendimento até a data do fechamento do cadastro eleitoral
Estado
TRE-RJ amplia horário de atendimento até a data do fechamento do cadastro eleitoral
Capela São Jorge, em Campos, tem programação religiosa nesta terça
Norte Fluminense
Capela São Jorge, em Campos, tem programação religiosa nesta terça
Lula anuncia ampliação do programa Pé-de-Meia
Política
Lula anuncia ampliação do programa Pé-de-Meia
Valendo vaga para as Olimpíadas de Paris, Campeonato Pan-Americano e Oceania de Judô 2024 começa com apoio do Governo do Estado
Esportes
Valendo vaga para as Olimpíadas de Paris, Campeonato Pan-Americano e Oceania de Judô 2024 começa com apoio do Governo do Estado

Petrópolis é inserida no plano de desenvolvimento da região metropolitana

Com a medida, município da Serra Imperial passa a fazer parte da estratégia do IRM e terá acesso a projetos de infraestrutura.
Foto: Reprodução

O governador Cláudio Castro aprovou nesta quinta-feira (29), no Palácio Guanabara, junto ao Conselho Deliberativo do Instituto Rio Metrópole (IRM), a inclusão do município de Petrópolis ao Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano Integrado da Região Metropolitana do Rio e cinco novos projetos de desenvolvimento regional.

“Nossa gestão acredita muito no Instituto Rio Metrópole como forma de desenvolvimento do Rio de Janeiro por inteiro, não só da Região Metropolitana. Por diversas vezes tratamos assuntos aqui que acabam atingindo o estado todo, mostrando como esse instituto tem tudo para fazer a diferença na vida das pessoas”, afirmou o governador do Rio.

A inclusão de Petrópolis no Plano Estratégico permite que a cidade seja modelada como as cidades metropolitanas, no que diz respeito à reconfiguração espacial, saneamento, resiliência ambiental, habitação, equipamentos sociais, mobilidade, valorização do patrimônio ambiental, construído e cultural, e expansão econômica e gestão pública.

Já os novos estudos anunciados foram bem recebidos pelo conselho deliberativo, formado pelo governador Cláudio Castro, que o preside, além dos 22 prefeitos dos municípios que integram a Região Metropolitana e por representantes da sociedade civil.

“Ninguém consegue fazer um hospital, uma ponte ou qualquer tipo de atividade sem ser com um projeto. Queremos nos colocar à disposição para poder ajudar o desenvolvimento da Região Metropolitana e dos municípios”, disse o presidente do IRM, Davi Perini Vermelho.