Ouça agora

Ao vivo

Prefeitura de Duque de Caxias anuncia canalização do canal dois irmãos
Baixada Fluminense
Prefeitura de Duque de Caxias anuncia canalização do canal dois irmãos
Prefeitura vai levar artesanato de Angra para o Rio Artes
Angra dos Reis
Prefeitura vai levar artesanato de Angra para o Rio Artes
Prefeitura de Nova Iguaçu retoma obras do Viaduto de Comendador Soares
Nova Iguaçu
Prefeitura de Nova Iguaçu retoma obras do Viaduto de Comendador Soares
TRE-RJ amplia horário de atendimento até a data do fechamento do cadastro eleitoral
Estado
TRE-RJ amplia horário de atendimento até a data do fechamento do cadastro eleitoral
Capela São Jorge, em Campos, tem programação religiosa nesta terça
Norte Fluminense
Capela São Jorge, em Campos, tem programação religiosa nesta terça
Lula anuncia ampliação do programa Pé-de-Meia
Política
Lula anuncia ampliação do programa Pé-de-Meia
Valendo vaga para as Olimpíadas de Paris, Campeonato Pan-Americano e Oceania de Judô 2024 começa com apoio do Governo do Estado
Esportes
Valendo vaga para as Olimpíadas de Paris, Campeonato Pan-Americano e Oceania de Judô 2024 começa com apoio do Governo do Estado

Pescador captura atum de mais de 160 kg em primeira pescaria na Bacia de Santos

A empresa organizadora revelou que este foi o maior peixe já pescado em 10 anos de atividades e que pode ser o maior da modalidade no Brasil.

Um pescador e comerciante de Minas Gerais pescou um peixe, da espécie atum, de 160 quilos e 290 gramas. A captura efetuada por Rodrigo Sales, de 43 anos, ocorreu na última sexta-feira (23). O pescado “gigante” foi capturado na Bacia de Santos, no Rio de Janeiro.

“É uma sensação única! Para quem é amante da pesca não tem nem explicação! Foi uma emoção indescritível, participar pela primeira vez de uma pesca dessa e conquistar um troféu como esse”, disse Rodrigo ao g1.

Rodrigo saiu de Juiz de Fora, interior de Minas, até Niterói, na Região Metropolitana do Rio Essa foi a primeira vez que ele participou da expedição organizada pela empresa Golden Rei. O pescador investiu R$ 11 mil em equipamentos para participar da embarcação.

O homem tem cerca de nove anos de experiência em pesca, contudo, precisou de preparo para arrematar o animal.

“Eu não conseguia arrastar ele para cima, parecia uma âncora ou algo desse tipo, muito pesado, que não sai do lugar. Por três vezes eu trouxe ele perto do barco e ele afundou a mais de 200 metros, mas consegui com ajuda da equipe arrastar ela para dentro do barco”

Além do atum, o comerciante conseguiu pescar outros 30 peixes menores, com média entre 10 e 30 quilos. Ele contou que distribuiu os pescados para parte dos funcionários, familiares e venderá o restante para pagar o custo da expedição.

Foto: Divulgação

O peixe seria da espécie Thunnus albacares, popularmente conhecido como atum-amarelo ou albacora-cachorra, uma das mais cobiçadas do litoral brasileiro. Os pescadores costumam tratar peixes deste tamanho como peixes de três dígitos, mais de 100 quilos, este tinha 1,93 metro e atingiu a marca com folga. O quilo do atum pode custar entre 20 a 35 reais, de acordo com a qualidade da carne. O peixe pode valer cerca de R$ 5 mil.