Ouça agora

Ao vivo

Comando de Polícia Rodoviária registra queda no número de acidentes com vítimas fatais durante o feriado de São Jorge
Destaque
Comando de Polícia Rodoviária registra queda no número de acidentes com vítimas fatais durante o feriado de São Jorge
Alerj aprova projeto para ampliar combate ao trabalho análogo à escravidão
Política
Alerj aprova projeto para ampliar combate ao trabalho análogo à escravidão
Prefeitura do Rio promove consulta pública sobre concessão de parques municipais
Rio de Janeiro
Prefeitura do Rio promove consulta pública sobre concessão de parques municipais
Maricá recebe prêmio destaque do artesanato na 16ª Rio Artes
Maricá
Maricá recebe prêmio destaque do artesanato na 16ª Rio Artes
Passagem de carretas interditará descida da serra de Petrópolis na madrugada de 25/04
Estado
Passagem de carretas interditará descida da serra de Petrópolis na madrugada de 25/04
Cidades do Rio podem ganhar “Café do Trabalhador”
Política
Cidades do Rio podem ganhar “Café do Trabalhador”
CBF divulga data e horário dos jogos da terceira fase da Copa do Brasil
Esportes
CBF divulga data e horário dos jogos da terceira fase da Copa do Brasil

Pequenas e médias empresas do varejo on-line fluminense movimentaram R$ 13,2 milhões com Dia dos Namorados

Os dados divulgados são da plataforma para criação de lojas on-line, Nuvemshop.
Foto: Divulgação

As pequenas e médias empresas do varejo on-line do estado do Rio de Janeiro faturaram R$ 13,2 milhões com as vendas do Dia dos Namorados, o valor corresponde a 35% a mais referente ao ano passado, quando o faturamento foi de R$ 9,8 milhões. Os números foram divulgados pela Nuvemshop, a plataforma para criação de lojas on-line.

– O varejo on-line tem crescido significativamente e se tornou peça importante para a movimentação da economia. Ampliou as oportunidades de empreendedorismo e hoje gera emprego e renda para milhares de famílias, não apenas no Estado do Rio, mas em todo o país – comentou o governador Cláudio Castro.

De acordo com a plataforma Nuvemshop, foram vendidos 229 mil produtos no período no Estado do Rio de Janeiro, e o ticket médio foi de R$ 219,10 por compra. Moda foi o segmento que mais faturou: R$ 4,5 milhões. Em todo o Brasil, o faturamento dos pequenos e médios lojistas on-line chegou a R$ 194 milhões – 20% superior ao ano passado (R$ 161,5 milhões).

– O Rio de Janeiro é um polo de moda reconhecido no país e no mundo. Temos grandes marcas que se destacam pelo design e pela qualidade. Além disso, o setor é um celeiro de talentos e empreendedorismo. O estado possui importantes polos de fabricação de vestuário, como o da região Serrana – destaca o secretário de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços, Vinicius Farah.

De acordo com Guilherme Arantes, especialista em e-commerce da Nuvemshop, as pequenas e médias empresas buscaram oferecer uma melhor experiência de compra a fim de se destacar frente aos grandes varejistas.

– Os empreendedores se desprenderam das campanhas tradicionais, oferecendo uma experiência de compra positiva desde o site até o unboxing (abertura da embalagem) em casa – explica Arantes.