Ouça agora

Ao vivo

Cartórios podem renegociar dívidas enviadas a protesto
Destaque
Cartórios podem renegociar dívidas enviadas a protesto
Brasil encara Costa Rica na estreia da Copa América esta noite nos EUA
Esportes
Brasil encara Costa Rica na estreia da Copa América esta noite nos EUA
Governo do Rio promove 3ª edição da ExpoRio Turismo nesta semana
Estado
Governo do Rio promove 3ª edição da ExpoRio Turismo nesta semana
Quadrilha Junina é reconhecida como manifestação cultural do Brasil
Cultura
Quadrilha Junina é reconhecida como manifestação cultural do Brasil
Bairros voltam a inundar em Porto Alegre e moradores têm que deixar suas casas
Brasil
Bairros voltam a inundar em Porto Alegre e moradores têm que deixar suas casas
Rioprevidência alerta para suspensão do benefício de pensionista que não fez o recenseamento obrigatório em novembro
Estado
Rioprevidência alerta para suspensão do benefício de pensionista que não fez o recenseamento obrigatório em novembro
Portabilidade do saldo devedor do cartão de crédito começa em julho
Brasil
Portabilidade do saldo devedor do cartão de crédito começa em julho

Peixaria Divina Providência, em Irajá, é o campeão do Rio de Janeiro do Festival Comida Di Buteco

Na Baixada, o vencedor foi o Nosso Canto, de São João de Meriti
Foto: Divulgação

Depois de percorrer durante um mês, de 5 de abril a 5 de maio, 143 bares para eleger os melhores petiscos na 17ª edição do Comida di Buteco, o público e jurados deram seu veredito. Os vencedores de Rio, Niterói e Baixada (pela primeira vez eleitos separadamente) foram anunciados nesta quinta-feira (22), em uma cerimônia no Rio Scenarium na Lapa.

O Bar Peixaria Divina Providência, em Irajá, na Zona Norte, foi o grande campeão da noite do Rio de Janeiro, com o petisco a origem: bolinho de bacalhau gadus morhua cozido em creme de moqueca tradicional, acompanhado de tapenade de azeitona preta.

O Barão Chopp e Petiscos, em Inhaúma, ficou com o segundo lugar, com o baronesa: bolinhos de abóbora recheados com costela suína defumada e queijos gorgonzola e mozzarella. Na terceira colocação, ficou o Tô na Mata, em Vargem Grande, com porquinho carioca em três versões: croquete de costelinha de porco com chutney de goiaba com pimenta; bolinho de joelho de porco defumado marinado na cerveja servido com geleia de mate com limão; canjiquinha temperada, ragu de pernil desfiado, crocante de torresmo e couve frita servido com vinagrete de feijão carioquinha.
O campeão de Niterói foi o Palitus Bar, que fica em Jurujuba.
Na Baixada, o vencedor foi o Nosso Canto, de São João de Meriti. Campeão de 2023, o Boteco do Teixeira, de Duque de Caxias, desistiu na terça-feira do concurso, alegando “segregação” entre os bares da região e da capital, por conta da divisão regional até então inédita. Os campeões dos três circuitos vão disputar, em julho, a etapa nacional do concurso, e o grande vencedor será anunciado em uma festa em São Paulo.

Conheça todos os vencedores do concurso em 2024:

Rio de Janeiro

  • Campeão: Peixaria Divina Providência (Irajá)
  • 2º lugar: Barão Chopp e Petiscos (Inhaúma)
  • 3º lugar: Tô na Mata (Vargem Grande)
  • 4º lugar: Folia do Boi (Cachambi)
  • 5º lugar: Dom Pedro (Benfica)

 

Baixada

  • Campeão: Nosso Canto (São João de Meriti)
  • 2º lugar: Pasta da Nonna (Duque de Caxias)
  • 3º lugar: Buteco do Cabeça (Nova Iguaçu)

 

Niterói

  • Campeão: Palitus Bar (Jurujuba)
  • 2º lugar: Pli on Board (Itaipu)
  • 3º lugar: Alhos e Bugalhos (Fonseca)