Ouça agora

Ao vivo

Governo Federal não aceita negociar com servidores do INSS e greve é mantida
Brasil
Governo Federal não aceita negociar com servidores do INSS e greve é mantida
Primeira pesquisa depois de atentado mostra empate técnico entre Biden e Trump nos EUA
Destaque
Primeira pesquisa depois de atentado mostra empate técnico entre Biden e Trump nos EUA
Irmãos Brazão negam envolvimento com milicianos do Rio de Janeiro
Política
Irmãos Brazão negam envolvimento com milicianos do Rio de Janeiro
Justiça considera que Uber é responsável por itens pedidos em entregas
Destaque
Justiça considera que Uber é responsável por itens pedidos em entregas
Mega-sena acumula novamente e prêmio chega a R$ 47 milhões
Brasil
Mega-sena acumula novamente e prêmio chega a R$ 47 milhões
Servidores do INSS entram em greve a partir dessa terça-feira (16/07)
Brasil
Servidores do INSS entram em greve a partir dessa terça-feira (16/07)
Maricá das Artes realiza dois saraus culturais em julho
Cultura
Maricá das Artes realiza dois saraus culturais em julho

Pedro tomou três tapas na cara antes do soco do preparador físico

Segundo o boletim de ocorrência, Pablo Fernández questionou Pedro no vestiário por não ter ido para o aquecimento, deu três tapas na cara do jogador.

De acordo com o boletim de ocorrência, Pablo Fernández questionou Pedro no vestiário por não ido para o aquecimento, deu três tapas na cara do jogador, que afastou a mão do preparador. Pablo então deu um soco no atacante e teve que ser contido por jogadores.

O atleta não revidou e o caso foi parar na delegacia nesta madrugada. De acordo com relato das 3 testemunhas (Thiago Maia, Cebolinha e Pablo), após o soco, os jogadores contiveram o argentino. Mesmo assim, o preparador físico queria continuar com as agressões.