Ouça agora

Ao vivo

Flexibilização da faixa seletiva da Av. Brasil começa nesta terça-feira (23/04)
Destaque
Flexibilização da faixa seletiva da Av. Brasil começa nesta terça-feira (23/04)
Prefeitura de Duque de Caxias anuncia canalização do canal dois irmãos
Baixada Fluminense
Prefeitura de Duque de Caxias anuncia canalização do canal dois irmãos
Prefeitura vai levar artesanato de Angra para o Rio Artes
Angra dos Reis
Prefeitura vai levar artesanato de Angra para o Rio Artes
Prefeitura de Nova Iguaçu retoma obras do Viaduto de Comendador Soares
Nova Iguaçu
Prefeitura de Nova Iguaçu retoma obras do Viaduto de Comendador Soares
TRE-RJ amplia horário de atendimento até a data do fechamento do cadastro eleitoral
Estado
TRE-RJ amplia horário de atendimento até a data do fechamento do cadastro eleitoral
Capela São Jorge, em Campos, tem programação religiosa nesta terça
Norte Fluminense
Capela São Jorge, em Campos, tem programação religiosa nesta terça
Lula anuncia ampliação do programa Pé-de-Meia
Política
Lula anuncia ampliação do programa Pé-de-Meia

Pedro Raul, do Vasco, tenta voltar a marcar contra o Botafogo

Atacante está há quase dois meses sem marcar e reencontra ex-clube, uma das maiores vítimas da carreira
Foto: André Durão

Após ficar de fora da partida contra o Cuiabá, Pedro Raul volta a ser relacionado pelo Vasco. O atacante que teve uma lesão no quadril está recuperado e estará à disposição de William Batista para a partida contra o Botafogo, ex-clube do camisa 9. Em meio a um jejum, nada melhor que a “lei do ex” para encerrar uma seca incômoda de quase dois meses sem marcar.

Artilheiro do Vasco no ano, Pedro Raul marcou pela última vez no clássico contra o Fluminense, na quarta rodada do Campeonato Brasileiro, quando as equipes empataram em 1 a 1, no dia 6 de maio. De lá para cá, o atacante amarga um jejum de seis jogos sem marcar, o maior dele com a camisa vascaína até aqui.

Nesse período, o atacante chegou a perder a titularidade para Rayan, de 16 anos, nas partidas contra Internacional e Goiás, as duas últimas de Maurício Barbieri no comando do Vasco. Na primeira partida de William Batista, contra o Cuiabá, Pedro Raul não foi relacionado por uma lesão no quadril.

No domingo, Pedro Raul reencontra o Botafogo, time que defendeu em 2020, após se destacar na Série B de 2019 pelo Atlético-GO. Pelo Alvinegro, foram 39 jogos e 12 gols. Pelo Vasco, o atacante marcou no único clássico contra o Botafogo na temporada, pelo Campeonato Carioca, por 2 a 0.

No ano passado, Pedro Raul estava no Goiás, onde foi vice-artilheiro do Brasileirão e fez a melhor temporada da carreira. No Estádio Nilton Santos, palco da partida de domingo, o atacante castigou o ex-clube com dois gols, vindo do banco de reservas, na virada do Esmeraldino contra o Botafogo pelo Brasileirão.

Se Pedro Raul marcar contra o ex-clube, o Botafogo se torna a maior vítima do camisa 9 na carreira, que já marcou três gols contra o Internacional, Santos, Coritiba, Palmeiras, Resende, Iporá e o próprio Botafogo.

O atacante é o artilheiro do Vasco na temporada com nove gols em 23 jogos. O jejum de seis partidas sem marcar é o pior de Pedro Raul desde a chegada ao clube. No Brasileirão, o atacante marcou apenas duas vezes: contra o Palmeiras, na segunda rodada, e contra o Fluminense, na quarta.

Apesar da volta de Pedro Raul aos relacionados, o Vasco tem dois desfalques para o clássico. Gabriel Pec, suspenso, e Jair, lesionado, não estarão à disposição de William Batista. A provável escalação do Vasco é: Léo Jardim, Pumita, Capasso, Léo, Piton; Matheus Carvalho, Marlon Gomes, Alex Teixeira, Figueiredo, Rayan e Pedro Raul (Orellano)

Botafogo e Vasco se enfrentam neste domingo, às 16h (de Brasília), no Estádio Nilton Santos, pela 13ª rodada do Brasileirão. A equipe está na 18ª colocação com 9 pontos e enfrenta o rival, líder da competição, que tem 30.