Ouça agora

Ao vivo

Comando de Polícia Rodoviária registra queda no número de acidentes com vítimas fatais durante o feriado de São Jorge
Destaque
Comando de Polícia Rodoviária registra queda no número de acidentes com vítimas fatais durante o feriado de São Jorge
Alerj aprova projeto para ampliar combate ao trabalho análogo à escravidão
Política
Alerj aprova projeto para ampliar combate ao trabalho análogo à escravidão
Prefeitura do Rio promove consulta pública sobre concessão de parques municipais
Rio de Janeiro
Prefeitura do Rio promove consulta pública sobre concessão de parques municipais
Maricá recebe prêmio destaque do artesanato na 16ª Rio Artes
Maricá
Maricá recebe prêmio destaque do artesanato na 16ª Rio Artes
Passagem de carretas interditará descida da serra de Petrópolis na madrugada de 25/04
Estado
Passagem de carretas interditará descida da serra de Petrópolis na madrugada de 25/04
Cidades do Rio podem ganhar “Café do Trabalhador”
Política
Cidades do Rio podem ganhar “Café do Trabalhador”
CBF divulga data e horário dos jogos da terceira fase da Copa do Brasil
Esportes
CBF divulga data e horário dos jogos da terceira fase da Copa do Brasil

Pedidos de refúgio de imigrantes ao Brasil crescem 70% em 2022 em comparação com 2021

Imigrantes estão procurando o Brasil em busca de proteção contra perseguições em seus países de origem
Foto: Divulgação

Imigrantes estão procurando o Brasil em busca de proteção contra perseguições por motivos como raça, religião e opinião política ou porque enfrentavam grave e generalizada violação de direitos humanos, em conflitos e guerras.

No ano de 2022, os pedidos de refúgio de imigrantes ao Brasil cresceram 70% em comparação com o ano anterior. No ano de 2013, foram pouco menos de 7 mil pedidos. O número chegou ao auge em 2019, com mais de 82 mil pedidos, já no ano passado, houve um aumento de 73% em comparação com 2021, com mais de 50 mil pedidos.

Com o aumento da demanda, cresceu também o número de processos à espera da análise do governo brasileiro. Em um período de cinco anos, os pedidos de refúgio de venezuelanos representaram quase 70% do total da demanda. Uma das principais razões para o aumento da fila de espera quanto às análises do governo, foi o crescimento de venezuelanos que pediram refúgio ao governo brasileiro.

O Ministério da Justiça afirma que conflitos humanitários e crises econômicas provocaram uma demanda global por refúgio. Foi feita uma força tarefa esse ano, para a avaliar os pedidos e que, até maio, concluiu a análise de 80 mil solicitações, quase o dobro do analisado em todo o ano de 2022. De acordo com o Ministério, ainda há cerca de 60 mil pedidos aguardando uma decisão.