Ouça agora

Ao vivo

Governo cria sistema para emitir carteira para pessoa com TEA
Brasil
Governo cria sistema para emitir carteira para pessoa com TEA
Cantinas de prisões e hospitais penitenciários deixam de funcionar
Destaque
Cantinas de prisões e hospitais penitenciários deixam de funcionar
Estudantes de Maricá conquistam medalhas nos Jogos Escolares do Rio de Janeiro
Maricá
Estudantes de Maricá conquistam medalhas nos Jogos Escolares do Rio de Janeiro
Luiz Gonzaga será homenageado em Arraiá de Duque de Caxias
Destaque
Luiz Gonzaga será homenageado em Arraiá de Duque de Caxias
Coletivo Vista Minha Pele faz ação em Rio das Ostras
Costa do Sol
Coletivo Vista Minha Pele faz ação em Rio das Ostras
Angra reforça a atualização do CadÚnico
Angra dos Reis
Angra reforça a atualização do CadÚnico
Prefeitura do Rio derruba mansões de luxo de até R$ 4 milhões no Joá
Destaque
Prefeitura do Rio derruba mansões de luxo de até R$ 4 milhões no Joá

Seop realiza demolição de mansão do tráfico na Rocinha

Em agosto, a secretaria demoliu outro imóvel de luxo estimado de R$1 milhão, na Rocinha
Foto: Reprodução Seop

A prefeitura do Rio realiza na manhã desta terça-feira (13/09), a demolição de uma mansão de luxo de três andares com uma cobertura, na Rocinha, zona sul do rio, que pertence aos chefes do tráfico da comunidade. De acordo com levantamento dos setores de inteligência dos órgãos, o imóvel seria usado pelo traficante Johny Bravo.

Engenheiros da prefeitura estimam que já foram investidos R$ 2,5 milhões na construção, que possui uma área de aproximadamente 600 metros quadrados, sendo 100 metros quadrados de terraço descoberto com vista privilegiada para a praia de São Conrado.

“Seguiremos realizando essas demolições de construções irregulares com foco na principal na preservação das vidas, recentemente nós vimos um deslizamento acontecer ali na Rocinha, mas também no ordenamento da cidade e na asfixia do crime organizado, uma vez que os setores de inteligência mapearam uma possível relação do crime organizado local com essa construção”, explica o secretário de Ordem Pública, Brenno Carnevale.

A ação é realizada pela Secretaria de Ordem Pública e o Ministério Público, por meio do Grupo de Atuação Especializada de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

No início de agosto,  a Seop demoliu outro imóvel de luxo com investimento estimado de R$1 milhão, na Rocinha. Desde 2021 a secretaria de ordem pública já realizou mais de 2.800 demolições de construções irregulares, sendo 75% em áreas que sofrem influência do crime organizado.

O traficante Johnny Bravo, de 35 anos, assumiu o controle de parte da Rocinha em 2017 após uma desavença entre dois antigos chefes da comunidade: Antônio Bonfim Lopes, o Nem da Rocinha, e Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157. Ambos estão condenados e presos em presídios federais.

Apesar de ser considerado o “dono do morro”, ele ainda divide o controle com Rogério 157, seu aliado.

Johnny apareceu portando anéis com o nome “Rogério 157” em suas raras imagens que circulam nas redes sociais.

Em raros registros do traficante, ele aparece em fotos na internet cercado de seguranças camuflados com fuzil. Um vídeo de sua escolta que viralizou em 2020 o teria irritado ao ponto de prometer “caçar” o autor das imagens.

Contra Johnny Bravo existem seis mandados de prisão por tráfico de drogas, associação para o tráfico e homicídio.