Ouça agora

Ao vivo

Putin faz exigências para “negociar a paz” com a Ucrânia após encontro do G7
Mundo
Putin faz exigências para “negociar a paz” com a Ucrânia após encontro do G7
Justiça considera ilegal greve dos educadores de Macaé
Norte Fluminense
Justiça considera ilegal greve dos educadores de Macaé
Governo do estado cria Observatório do Feminicídio
Estado
Governo do estado cria Observatório do Feminicídio
Polícia Militar expande programas de polícia de proximidade na zona sul
Rio de Janeiro
Polícia Militar expande programas de polícia de proximidade na zona sul
Prédio no Centro Histórico de Petrópolis é destruído por incêndio
Região Serrana
Prédio no Centro Histórico de Petrópolis é destruído por incêndio
Termina hoje prazo para inscrição no Enem
Destaque
Termina hoje prazo para inscrição no Enem
RS receberá caravana do governo para garantir acesso a benefícios
Política
RS receberá caravana do governo para garantir acesso a benefícios

Operação policial prende quatro homens com material para soltar balão em área próxima ao Aeroporto do Galeão

Potencial de desastre evitado, afirma Polícia Militar ao impedir soltura de balão por indivíduos detidos
Imagem: PMERJ

Na manhã deste domingo (16), quatro pessoas foram presas pela equipe policial do 16º BPM (Olaria) por soltar balões na Rua Porto Rico, localizada em Vigário Geral, na Zona Norte do Rio de Janeiro. A área onde os suspeitos foram encontrados portando materiais para soltar balões está próxima ao Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim (Galeão), e a sua zona aérea. Segundo a Polícia Militar, a soltura desses balões poderia resultar em um desastre. Um balão de 8 metros, fogos de artifício e adesivos do grupo envolvido com balões foram apreendidos. Os homens e o material utilizado foram encaminhados à 38ª DP (Brás de Pina), onde o caso foi registrado.

Vale ressaltar que a produção, venda ou soltura de balões é considerada crime, podendo resultar em uma pena de até três anos de prisão. No final de junho, a Polícia Militar realizou uma operação denominada “Caça balão” com o objetivo de combater a soltura clandestina de balões nos céus da cidade. Durante a ação, os policiais do Comando de Polícia Ambiental (CPAm) resgataram um balão que estava caindo na Baía de Guanabara, próximo à Ilha Fiscal. De acordo com os dados atualizados até maio de 2023 pela concessionária responsável, foram registradas 23 ocorrências de balões na área do aeroporto.

Outra preocupação é a queda de balões na rede elétrica. Na Região Metropolitana, 2023 ultrapassou todos os casos do ano passado. A Light emitiu um alerta em junho, destacando a preocupação com essa prática, que é considerada crime, especialmente durante o período das festas juninas.

De janeiro a junho, sete balões causaram a interrupção do fornecimento de energia elétrica para mais de 5 mil clientes, conforme relatado pela concessionária.