Ouça agora

Ao vivo

Putin faz exigências para “negociar a paz” com a Ucrânia após encontro do G7
Mundo
Putin faz exigências para “negociar a paz” com a Ucrânia após encontro do G7
Justiça considera ilegal greve dos educadores de Macaé
Norte Fluminense
Justiça considera ilegal greve dos educadores de Macaé
Governo do estado cria Observatório do Feminicídio
Estado
Governo do estado cria Observatório do Feminicídio
Polícia Militar expande programas de polícia de proximidade na zona sul
Rio de Janeiro
Polícia Militar expande programas de polícia de proximidade na zona sul
Prédio no Centro Histórico de Petrópolis é destruído por incêndio
Região Serrana
Prédio no Centro Histórico de Petrópolis é destruído por incêndio
Termina hoje prazo para inscrição no Enem
Destaque
Termina hoje prazo para inscrição no Enem
RS receberá caravana do governo para garantir acesso a benefícios
Política
RS receberá caravana do governo para garantir acesso a benefícios

Abastecimento de água no Rio e na Baixada tem previsão de normalização gradativa no sábado

A estimativa é de que, durante reparo, a vazão do Guandu seja diminuída em apenas 5%.
Zona Sul do Rio também pode ter abastecimento comprometido. Na foto, operários fazem teste de desobstrução em Copacabana. Foto: Divulgação/Águas do Rio

A distribuição de água tratada ficou comprometida no município do Rio de Janeiro e em seis cidades da Baixada Fluminense (BelfordRoxo, Queimados, Duque de Caxias, Nova Iguaçu, Nilópolis e São João de Meriti). Segundo a concessionária Águas do Rio, o motivo foi um reparo emergencial que precisou ser feito pela Cedae em uma das elevatórias da Estação de Tratamento de Água (ETA) do Guandu.

No Rio de Janeiro, o abastecimento de água está parcialmente comprometido no Centro, na Zona Sul e na Zona Norte. A concessionária publicou comunicado em seu site orientando que clientes comerciais e residenciais devem reservar água em cisternas e caixas d’água.

A previsão é a de que o abastecimento seja normalizado de forma gradativa após a conclusão do reparo, que deve ocorrer neste sábado (8/7). A empresa também colocou à disposição o telefone 0800 195 0 195 para receber contatos de clientes. Segundo a Cedae, a estimativa é de que, durante a obra, a vazão do Guandu seja diminuída em apenas 5%.