Ouça agora

Ao vivo

Comando de Polícia Rodoviária registra queda no número de acidentes com vítimas fatais durante o feriado de São Jorge
Destaque
Comando de Polícia Rodoviária registra queda no número de acidentes com vítimas fatais durante o feriado de São Jorge
Alerj aprova projeto para ampliar combate ao trabalho análogo à escravidão
Política
Alerj aprova projeto para ampliar combate ao trabalho análogo à escravidão
Prefeitura do Rio promove consulta pública sobre concessão de parques municipais
Rio de Janeiro
Prefeitura do Rio promove consulta pública sobre concessão de parques municipais
Maricá recebe prêmio destaque do artesanato na 16ª Rio Artes
Maricá
Maricá recebe prêmio destaque do artesanato na 16ª Rio Artes
Passagem de carretas interditará descida da serra de Petrópolis na madrugada de 25/04
Estado
Passagem de carretas interditará descida da serra de Petrópolis na madrugada de 25/04
Cidades do Rio podem ganhar “Café do Trabalhador”
Política
Cidades do Rio podem ganhar “Café do Trabalhador”
CBF divulga data e horário dos jogos da terceira fase da Copa do Brasil
Esportes
CBF divulga data e horário dos jogos da terceira fase da Copa do Brasil

Nova regra do impedimento vai ser lançada pela FIFA

Federação estuda alteração na regra de impedimento.
Foto: Divulgação

De acordo com o portal espanhol “Relevo”, a FIFA irá testar mudanças na regra do impedimento, de forma que favoreça o atacante. Junto com o Conselho Internacional de Associações de Futebol (IFAB), a entidade máxima do futebol mundial pretende melhorar o futebol. Os testes na mudança da regra ocorrerão em Suécia, Itália e Holanda. A princípio, apenas nas categorias de base.

A nova regra prevê expressamente que qualquer atacante que esteja impedido e receba uma bola de um adversário que tinha “total controle” dela, estará habilitado para jogar. O único caso ao qual isso não será aplicado se dará quando um goleiro rebater um chute adversário e a bola se oferecer para um jogador impedido. Neste caso, o lance deverá ser anulado.

Segundo o Diretor de Desenvolvimento da Federação Sueca, Per Widen, a ideia desta mudança na regra partiu de Arsene Wenger, ex-treinador do Arsenal e atual Diretor de Desenvolvimento da FIFA. O francês comandou a equipe londrina de 1996 à 2018, conquistando 17 títulos. Em 2019, assumiu o cargo de Diretor de Desenvolvimento Global de Futebol da FIFA.

Image