Ouça agora

Ao vivo

Vítima morta durantge comício de Donald Trump é identificada
Destaque
Vítima morta durantge comício de Donald Trump é identificada
Morre escritor e jornalista Sérgio Cabral Santos aos 87 anos
Destaque
Morre escritor e jornalista Sérgio Cabral Santos aos 87 anos
FBI identifica atirador que tentou matar Donald Trump
Destaque
FBI identifica atirador que tentou matar Donald Trump
Donald Trump sofre atentado durante um comício de sua candidatura à presidência dos EUA
Destaque
Donald Trump sofre atentado durante um comício de sua candidatura à presidência dos EUA
Vestibular Uerj 2025: inscrições para o 2º Exame de Qualificação
Destaque
Vestibular Uerj 2025: inscrições para o 2º Exame de Qualificação
Julgamento de Alec Baldwin por homicídio culposo é anulado por ocultação de provas
Destaque
Julgamento de Alec Baldwin por homicídio culposo é anulado por ocultação de provas
Queimados promove quarta edição da Colônia de Férias no Horto
Baixada Fluminense
Queimados promove quarta edição da Colônia de Férias no Horto

Morre MC Marcinho, aos 45 anos

Ícone do funk melody estava internado há quase dois meses
Foto: Reprodução

Morreu na manhã deste sábado (26), o cantor MC Marcinho, de 45 anos, no Hospital Copa D’Or, em Copacabana, na Zona Sul do Rio, em decorrência da falência múltipla de órgãos. A informação foi confirmada pela unidade de saúde através de um comunicado.

“O Hospital Copa D’Or confirma com pesar a morte da paciente Marcio André Nepomuceno Garcia na manhã deste sábado(26), às 9h10, em decorrência da falência múltipla de órgãos. O hospital se solidariza com a família e amigos por essa irreparável perda”, informa a nota.

Conhecido como o Príncipe do Funk, pioneiro do estilo no Rio de Janeiro e expoente da vertente melody, romântica, MC Marcinho estava internado desde o dia 27 de junho. Cantor e compositor, famoso pelos hits “Rap do Solitário”, “Princesa”, “Glamurosa” e “Garota nota 100”, Márcio André Nepomuceno nasceu em Duque de Caxias em 1977, filho de um sambista, e foi criado em Bangu, na Zona Oeste do Rio.

Marcinho deixa cinco filhos: Matheus e Marcelly, de 23 anos, Sara, de 22, Marcelo, 21, e Marcinho, de 16. Em junho deste ano, foi anunciado o fim do casamento do cantor com Kelly Garcia, depois de 20 anos juntos. Kelly revelou a separação em postagem nas redes sociais, três dias antes do funkeiro ser internado. O divórcio foi oficializado no último domingo (20).

Internação

O cantor estava internado há quase dois meses, no Hospital Copa D’Or, em Copacabana, com um quadro de insuficiência cardíaca e renal e chegou a ter uma parada cardiorrespiratória por 14 minutos no dia 10 de julho.

No dia 13 de julho, o funkeiro recebeu um coração artificial, chamado de “dispositivo de assistência ventricular (DAV)”. Trata-se de um aparelho que bombeia sangue para o corpo, cumprindo ou complementando a função do coração humano. É indicado para pacientes com insuficiência cardíaca grave, que não podem receber transplante ou não podem ter o seu quadro controlado por medicamentos.

No início da semana, Marcinho apresentou um quadro de infecção generalizada, conhecido como sepse, e precisou de cuidados mais intensivos.

Por causa da infecção generalizada, MC Marcinho se tonou inativo na fila de transplante de coração, até que o problema seja sanado.

Nesta sexta, após boatos de que o artista teria morrido, a assessoria reforçou que o cantor seguia vivo.

“Mc Marcinho continua vivo e em estado grave. Contamos com a colaboração de todos com informações verdadeiras, em respeito à família e aos fãs. Ele está grave, sim, a família foi chamada, sim, mas ele segue ligado aos aparelhos”, afirmou a assessora.

No começo da noite desta sexta, a irmã de Marcinho, Gisa Garcia, postou um convite para amigos e fãs de Marcinho participarem de um clamor de oração pela saúde do cantor.

“Vamos orar porque Deus pode”, escreveu na legenda da imagem em que convoca para a oração para o irmão no sábado (26), às 20h.

Marcinho convive com uma série de doenças crônicas há cerca de dez anos: diabetes, doença renal e cardiopatia dilatada.

Inativo na fila 

Segundo as regras do Sistema Nacional de Transplantes, o receptor de órgãos tem que ter condições mínimas para suportar uma cirurgia e receber o órgão.

Coração artificial

No dia 13 de julho, MC Marcinho recebeu um coração artificial, um dispositivo de duração intermediária, que pode ser usado de três a quatro meses.

Além de ter condições de saúde para receber o órgão, o receptor precisa de um órgão do mesmo tipo sanguíneo e que seja de alguém que tenha um peso próximo ao dele.