Ouça agora

Ao vivo

Procon e Conselho de Veterinária fazem fiscalização e interditam clínicas na zona norte do Rio
Estado
Procon e Conselho de Veterinária fazem fiscalização e interditam clínicas na zona norte do Rio
Governo se reúne com professores e servidores federais em greve para discutir revisão de carreira
Destaque
Governo se reúne com professores e servidores federais em greve para discutir revisão de carreira
Rio das Ostras e Senac RJ oferecem curso gratuito no setor de Gastronomia
Costa do Sol
Rio das Ostras e Senac RJ oferecem curso gratuito no setor de Gastronomia
Workshop de atendimento segue com inscrições abertas
Angra dos Reis
Workshop de atendimento segue com inscrições abertas
Maricá lança ferramenta de segurança nas escolas
Maricá
Maricá lança ferramenta de segurança nas escolas
Nova Iguaçu recebe mais uma edição da Festa de São Jorge
Nova Iguaçu
Nova Iguaçu recebe mais uma edição da Festa de São Jorge
Governador Cláudio Castro nomeia novo secretário de Polícia Militar
Estado
Governador Cláudio Castro nomeia novo secretário de Polícia Militar

Morre mais uma das girafas importadas pelo Bioparque do Rio

Das 18 trazidas pela empresa em novembro de 2021 da África do Sul, esta é o quarta que perde a vida no Brasil.
Foto: Reprodução

Morreu mais uma das girafas importadas da África do Sul para serem levadas para o Bioparque do Rio. Das 18 trazidas pela empresa em novembro de 2021 da África do Sul, esta é a quarta que perde a vida no Brasil. Em março a Justiça aceitou denúncia contra quatro pessoas envolvidas na importação dessas girafas.

Representantes do BioParque vão responder por maus-tratos, entre outras acusações. Funcionários do Ibama e do Inea foram denunciados por elaborar documentos falsos de importação e adequação do cativeiro.

As girafas sobreviventes seguem em um resort em Mangaratiba em um ambiente que, segundo o Ibama, não é o ideal. A Polícia Federal se deslocou, neste sábado (8), para o local para periciar o animal que morreu.

Em nota, o Bioparque afirmou que os animais passam por exames regularmente e foi identificada a presença de uma bactéria em seis deles. Uma das girafas apresentou resistência a um tratamento e não resistiu.

“É com pesar que o BioParque do Rio comunica o falecimento de uma das girafas que faz parte do seu plantel, na manhã deste sábado, 8 de julho. Os animais passam regularmente por exames de medicina preventiva, realizados por um corpo técnico formado por biólogos e médicos veterinários.Durante os exames de rotina, a equipe identificou o parasita Haemoncus sp em seis animais. O comitê técnico, formado por seis médicos veterinários, imediatamente iniciou um protocolo medicamentoso, colocando os animais em recinto isolado e sob observação intensiva.Cinco animais responderam rapidamente ao tratamento. Todavia, um deles apresentou resistência ao medicamento. Durante a última semana a equipe técnica iniciou outros protocolos de tratamentos.No entanto, infelizmente, houve uma deterioração súbita do estado clínico do animal ao longo desta madrugada, levando-o a óbito. A causa da morte será confirmada após a necropsia do corpo, que será realizada com o acompanhamento dos órgãos competentes”.