Ouça agora

Ao vivo

Rio das Ostras fecha ruas para oferecer mais segurança no Jazz e Blues
Costa do Sol
Rio das Ostras fecha ruas para oferecer mais segurança no Jazz e Blues
Defesa Civil de Macaé divulga comunicado sobre rajadas de vento na região
Norte Fluminense
Defesa Civil de Macaé divulga comunicado sobre rajadas de vento na região
Defesa Civil de Angra presta auxílio ao Rio Grande do Sul
Angra dos Reis
Defesa Civil de Angra presta auxílio ao Rio Grande do Sul
Assistência Social registra quase 3 mil atendimentos no mutirão do CadÚnico
Maricá
Assistência Social registra quase 3 mil atendimentos no mutirão do CadÚnico
Cinema e cultura popular são os destaques da semana no II Festival de Artes de Nova Iguaçu
Nova Iguaçu
Cinema e cultura popular são os destaques da semana no II Festival de Artes de Nova Iguaçu
Polícia Civil faz operação contra venda ilícita de cobre em diversas regiões do RJ
Estado
Polícia Civil faz operação contra venda ilícita de cobre em diversas regiões do RJ
Lojistas cariocas esperam aumento de 4% nas vendas para o 12 de Junho
Rio de Janeiro
Lojistas cariocas esperam aumento de 4% nas vendas para o 12 de Junho

Moraes determina exame de saúde em Roberto Jefferson para avaliar prisão

Ministro acolheu manifestação da PGR, que quer saber se o ex-deputado pode continuar tratamento no sistema prisional
Foto: Reprodução

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou nesta quarta-feira (12) que sejam feitos exames e avaliação do quadro físico e mental do ex-deputado Roberto Jefferson para avaliar se ele pode permanecer preso em um hospital penitenciário.

O magistrado também determinou que, depois dos exames, a Secretaria de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro se manifeste sobre a capacidade de continuar o tratamento médico de Jefferson no sistema prisional, “discriminando quais condutas terapêuticas podem ser realizadas no estabelecimento”.

Segundo Moraes, a situação de saúde de Jefferson “é delicada e ainda inspira cuidados”, e os recursos técnicos da administração penitenciária-hospitalar são “limitados”.

Jefferson está preso preventivamente desde outubro de 2022, após atirar contra policiais federais que cumpriam mandados de busca e apreensão na casa dele, no interior do Rio de Janeiro.

Em junho, ele foi transferido para o Hospital Samaritano Botafogo, unidade particular de saúde, para tratamento médico, por causa da falta de estrutura da unidade de saúde do Complexo Penitenciário de Gericinó, em que estava preso.

A prisão foi determinada por Alexandre de Moraes, que também autorizou a transferência para o hospital privado. Na segunda-feira (10), a unidade de saúde informou ao STF que Jefferson tem condições de receber alta médica.