Ouça agora

Ao vivo

Dia Mundial sem Tabaco é lembrado em Macaé
Norte Fluminense
Dia Mundial sem Tabaco é lembrado em Macaé
Maratona do Rio 2024 começa nesta quinta-feira com recorde de inscritos
Rio de Janeiro
Maratona do Rio 2024 começa nesta quinta-feira com recorde de inscritos
Prefeitura de Maricá divulga programação de Corpus Christi
Maricá
Prefeitura de Maricá divulga programação de Corpus Christi
Paraty e Angra dos Reis recebem lançamento de livro sobre a Costa Verde
Angra dos Reis
Paraty e Angra dos Reis recebem lançamento de livro sobre a Costa Verde
Prazo para adesão ao Desenrola Fies é prorrogado até 31 de agosto
Destaque
Prazo para adesão ao Desenrola Fies é prorrogado até 31 de agosto
Estudantes de Caxias ganham nova escola municipal bilíngue
Baixada Fluminense
Estudantes de Caxias ganham nova escola municipal bilíngue
Ocupação hoteleira na Região dos Lagos deve ultrapassar os 75% durante o feriadão de Corpus Christi
Costa do Sol
Ocupação hoteleira na Região dos Lagos deve ultrapassar os 75% durante o feriadão de Corpus Christi

MEC inicia consulta pública virtual sobre reforma do ensino médio

A consulta vai até o dia 6 de julho, e pode ser feita por WhatsApp, código QR ou link disponibilizado pelas escolas.
Foto: Divulgação

O Ministério da Educação (MEC) iniciou nesta quinta-feira (15) a consulta pública on-line sobre a reforma do ensino médio no Brasil. O objetivo é ouvir as contribuições do maior número possível de professores, estudantes e gestores para a melhoria desta etapa do ensino. A consulta vai até o dia 6 de julho.

Para participar basta acessar o Pesquizap, um chatbot de WhatsApp que irá coletar e mensurar os resultados da pesquisa. Os participantes poderão responder às questões da consulta por meio do celular, computador, um código QR ou um link disponibilizado pelas escolas. O telefone de contato para responder pelo celular é: (11) 97715-4092.

– Por intermédio dessa iniciativa, o MEC espera obter insights valiosos que contribuam para a construção de uma política educacional mais adequada às necessidades e expectativas da comunidade escolar – diz nota do Ministério da Educação.

A divulgação da consulta terá o apoio do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), por meio dos 27 secretários estaduais de educação, a partir da entrega de materiais de apoio para incentivar a participação ativa da engajamento das escolas.