Ouça agora

Ao vivo

Governo Federal não aceita negociar com servidores do INSS e greve é mantida
Brasil
Governo Federal não aceita negociar com servidores do INSS e greve é mantida
Primeira pesquisa depois de atentado mostra empate técnico entre Biden e Trump nos EUA
Destaque
Primeira pesquisa depois de atentado mostra empate técnico entre Biden e Trump nos EUA
Irmãos Brazão negam envolvimento com milicianos do Rio de Janeiro
Política
Irmãos Brazão negam envolvimento com milicianos do Rio de Janeiro
Justiça considera que Uber é responsável por itens pedidos em entregas
Destaque
Justiça considera que Uber é responsável por itens pedidos em entregas
Mega-sena acumula novamente e prêmio chega a R$ 47 milhões
Brasil
Mega-sena acumula novamente e prêmio chega a R$ 47 milhões
Servidores do INSS entram em greve a partir dessa terça-feira (16/07)
Brasil
Servidores do INSS entram em greve a partir dessa terça-feira (16/07)
Maricá das Artes realiza dois saraus culturais em julho
Cultura
Maricá das Artes realiza dois saraus culturais em julho

Marcelo se reunirá com a Conmebol e tenta anular a suspensão na Libertadores

Lateral-esquerdo tentará reverter decisão que o suspendeu de três jogos na Libertadores, incluindo os dois diante do Olimpia nas quartas de final
Foto: Luciano González

Apesar de Marcelo ter sido substituído na partida contra o América-MG, no último sábado, e preocupar ao Fluminense por conta de um problema físico, ele ainda terá a chance de se defender diante da Conmebol. Isso porque, nesta segunda-feira, ele participará de uma videoconferência com a Comissão de Apelação da entidade, às 17h (de Brasília), para tentar reverter a punição que o suspendeu de três jogos da Conmebol Libertadores — sendo assim, desfalque dos dois jogos contra o Olimpia, pelas quartas de final da competição.

A presença de Marcelo está confirmada. Lá, ele poderá argumentar sobre o lance não intencional que resultou na grave lesão do zagueiro Luciano Sánchez, do Argentinos Juniors, ainda no jogo de ida das oitavas de final. A ideia é zerar ou diminuir a punição dada pela entidade. Ou seja, tê-lo, no mínimo, em um dos dois jogos das quartas de final.

Independentemente de Marcelo estar ou não lesionado para as quartas ou o Fluminense conseguir diminuir a pena, se defender é visto como fundamental. Primeiramente, para reafirmar que não houve maldade por parte do lateral-esquerdo. Também para mostrar que o clube quer manter um diálogo aberto com a Conmebol.

O lance aconteceu por volta dos 10 minutos do segundo tempo. Marcelo recebeu a bola no campo de defesa, perto do meio. Cercado por jogadores adversários, conseguiu driblar alguns deles, inclusive Luciano Sánchez. Mas, ao pentear a bola com a sola do pé esquerdo e precisar pisar em algum lugar, o lateral acertou em cheio o joelho do jogador.

Sánchez caiu no chão imediatamente, Marcelo parou a jogada e depois, quando viu o que aconteceu, ficou desolado. O zagueiro do Argentinos Juniors sofreu uma luxação no joelho esquerdo e deve ficar parado por até 12 meses. O médico do clube argentino disse que essa foi a pior lesão que ele já viu em 23 anos de medicina.

O Fluminense vai enfrentar o Olimpia, do Paraguai, nas quartas de final da Libertadores. O primeiro jogo é quinta-feira, dia 24 de agosto, às 21h30, no Maracanã.