Ouça agora

Ao vivo

Macaé ganha novas redes de esgoto na Aroeira
Norte Fluminense
Macaé ganha novas redes de esgoto na Aroeira
Itaipuaçu recebe evento Passaporte em Ação
Maricá
Itaipuaçu recebe evento Passaporte em Ação
Petrópolis tem 82 hectares de área queimada no primeiro semestre do ano
Destaque
Petrópolis tem 82 hectares de área queimada no primeiro semestre do ano
Eleições Municipais têm mulheres como maioria do eleitorado, revela TSE
Brasil
Eleições Municipais têm mulheres como maioria do eleitorado, revela TSE
Eduardo Paes lança candidatura à reeleição, mas ainda sem o nome do vice. Pedro Paulo é o preferido
Política
Eduardo Paes lança candidatura à reeleição, mas ainda sem o nome do vice. Pedro Paulo é o preferido
Prouni terá mais de 240 mil bolsas no segundo semestre
Brasil
Prouni terá mais de 240 mil bolsas no segundo semestre
Projeto de Judô transforma vida de 280 crianças em Japeri
Baixada Fluminense
Projeto de Judô transforma vida de 280 crianças em Japeri

Manchester United afasta Antony devido a alegações de agressão

Antony foi cotado da Seleção Brasileira após ser acusado de agredir ex-namorada
Antony foi cotado da Seleção Brasileira por Fernando Diniz
Foto: Lucas Figueiredo / CBF

O retorno de Antony aos treinos do Manchester United foi adiado após uma decisão tomada pelo clube em meio a acusações de agressão física feitas contra o atacante. Hoje, era o dia previsto para os jogadores que não estiveram envolvidos com suas seleções durante a Data Fifa voltarem aos treinamentos. No entanto, o clube inglês anunciou que Antony não se apresentará ao CT “até novo aviso”.

As acusações de agressão contra o atacante, feitas por sua ex-namorada Gabriela Cavallin e outras duas mulheres, levaram o Manchester United a se manifestar pela segunda vez sobre o caso. Na última semana, antes das novas acusações, o clube já havia informado que estava ciente das alegações e que aguardaria mais informações.

“O Manchester United reconhece as acusações feitas contra Antony. Os jogadores que não participaram de partidas internacionais voltam aos treinos na segunda-feira. No entanto, foi acordado com Antony que ele adiará o seu retorno até novo aviso, a fim de responder às acusações. Como clube, condenamos atos de violência e abuso. Reconhecemos a importância de salvaguardar todos os envolvidos nessa situação e reconhecemos o impacto que essas alegações têm sobre os sobreviventes de abusos”, comunicou o clube inglês neste domingo.

Nas redes sociais, Antony reiterou sua inocência e explicou que o afastamento acordado com o clube tinha como objetivo “evitar distrações”. A mesma expressão foi usada no caso de Mason Greenwood, jogador inglês emprestado ao Getafe após retirar acusações de violência sexual e tentativa de estupro.

“Concordei com o Manchester United em tirar um período de ausência enquanto lido com as acusações feitas contra mim. Essa foi uma decisão mútua para evitar distrações aos meus companheiros e polêmicas desnecessárias para o clube. Quero reiterar minha inocência em relação às coisas de que fui acusado e vou cooperar completamente com a polícia para ajudá-la a chegar à verdade. Estou ansioso para voltar a jogar o mais rápido possível”, declarou Antony.

Antony havia jogado normalmente no domingo anterior à Data Fifa, quando enfrentou o Arsenal como titular. Poucos dias antes, ele havia sido convocado para representar a seleção brasileira nas eliminatórias da Copa do Mundo de 2026. No entanto, sua convocação foi revogada no dia seguinte aos novos desenvolvimentos no caso.

Na sexta-feira passada, duas mulheres acusaram Antony de agressão em episódios que supostamente ocorreram em maio de 2022, em São Paulo, e em outubro do mesmo ano, em Manchester, Inglaterra. Antony negou veementemente as acusações em suas redes sociais e afirmou estar disposto a cooperar com as autoridades para esclarecer os fatos.