Ouça agora

Ao vivo

Estado anuncia a criação de projeto piloto de prevenção de tragédias climáticas em nove cidades
Estado
Estado anuncia a criação de projeto piloto de prevenção de tragédias climáticas em nove cidades
Espanha, Irlanda e Noruega reconhecem o Estado da Palestina
Mundo
Espanha, Irlanda e Noruega reconhecem o Estado da Palestina
Comissão da Alerj quer fortalecimento das Cozinhas Solidárias para combater a insegurança alimentar no estado
Política
Comissão da Alerj quer fortalecimento das Cozinhas Solidárias para combater a insegurança alimentar no estado
Paes se reúne com Landim e afirma que pode desapropriar terreno para estádio do Flamengo
Esportes
Paes se reúne com Landim e afirma que pode desapropriar terreno para estádio do Flamengo
Detran.RJ amplia emissão da Carteira de Identidade Nacional (CIN) para pessoas até 50 anos de idade
Estado
Detran.RJ amplia emissão da Carteira de Identidade Nacional (CIN) para pessoas até 50 anos de idade
Mais de 10 milhões de pessoas ainda não entregaram declaração do Imposto de Renda
Destaque
Mais de 10 milhões de pessoas ainda não entregaram declaração do Imposto de Renda
Professores de universidades federais se dividem sobre aceitar proposta e acabar com a greve
Brasil
Professores de universidades federais se dividem sobre aceitar proposta e acabar com a greve

Mais de 34 mil novas empresas foram abertas no Estado do Rio no primeiro semestre do ano

O número é o segundo melhor nos 214 anos da autarquia, e foi alcançado depois do registro de 6.216 novos negócios em junho.
Foto: Reprodução

A Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro (Jucerja) registrou a abertura de 34.871 novas empresas no estado no primeiro semestre de 2023. O número é o segundo melhor nos 214 anos da autarquia, e foi alcançado depois do registro de 6.216 novos negócios em junho, segundo melhor resultado de todos os meses de junho na história da Jucerja.

Do total de aberturas no mês, 5.713 se referem a constituições. Também estão incluídas 405 aberturas de filiais e 98 inscrições de transferências. Entre as principais atividades das empresas abertas em junho estão: serviços combinados de escritório e apoio administrativo (1.273); atividade médica ambulatorial restrita à consulta (1.076) e comércio varejista de artigos de vestuário e acessórios (962).

“O ambiente de negócios que temos hoje no Rio de Janeiro, juridicamente seguro, estável e focado no crescimento socioeconômico sustentável, aliado à simplificação do processo de abertura de novas empresas, tem favorecido a decisão de empreender no nosso estado. Com a economia em plena recuperação, são inúmeras as oportunidades e possibilidades, nos mais diversificados setores, para o empresário – seja ele um micro, pequeno ou grande empreendedor”, afirma o governador Cláudio Castro.

NÚMEROS DO SEMESTRE

O ano de 2023 começou com 4.949 empresas abertas em janeiro. No mês seguinte, foram registrados 5.188 novos negócios. Março foi o melhor mês do ano até o momento, com 6.709 aberturas, recorde dos meses de março na história da Junta Comercial. Já em abril e maio foram computadas 5.442 e 6.367 novas empresas, respectivamente.

“A média de seis mil empresas abertas por mês no estado do Rio de Janeiro demonstra o amadurecimento da economia e a credibilidade do governo. E a Jucerja vem dando a sua contribuição, simplificando o sistema e oferecendo cada vez mais alternativas para agilizar e desburocratizar os processos, facilitando a vida do empresário fluminense”, afirma o vice-presidente no exercício da presidência, Alexandre Velloso.