Ouça agora

Ao vivo

PM prende homem com drogas em Macaé
Norte Fluminense
PM prende homem com drogas em Macaé
Segurança Presente resgata 42 pessoas de um suposto centro de reabilitação clandestino em Nova Iguaçu
Nova Iguaçu
Segurança Presente resgata 42 pessoas de um suposto centro de reabilitação clandestino em Nova Iguaçu
Anuário Brasileiro de Segurança Pública aponta redução das Mortes Violentas Intencionais no RJ
Destaque
Anuário Brasileiro de Segurança Pública aponta redução das Mortes Violentas Intencionais no RJ
Escola Municipal do Idoso está com inscrições abertas até o dia 23/07
Maricá
Escola Municipal do Idoso está com inscrições abertas até o dia 23/07
Colecionadores podem comprar selos em comemoração aos 50 anos da Hello Kitty
Destaque
Colecionadores podem comprar selos em comemoração aos 50 anos da Hello Kitty
Inscrições para o Prouni abrem nesta terça-feira (23)
Brasil
Inscrições para o Prouni abrem nesta terça-feira (23)
Cláudio Castro autoriza construção de três novos batalhões da PM
Destaque
Cláudio Castro autoriza construção de três novos batalhões da PM

Mais de 130 resgates de animais silvestres foram realizados pela guarda ambiental de Nova Iguaçu este ano

Orientação é deixar o bicho em um local seguro e acionar o órgão competente
Imagem: Divulgação

A guarda ambiental de Nova Iguaçu já resgatou 137 animais silvestres em 2023. Desse número, 60% são gambás, 20% aves, 15% serpentes e 5% outros animais. Bairros como Austin, Cerâmica e Santa Rita, além de regiões ao longo da Avenida Abílio Augusto Távora, entre os bairros da Luz e Km 32, são os locais com mais registros de resgate de animais silvestres.

Na última sexta-feira, um gavião-carijó foi solto no Parque Natural do município. O animal havia sido encontrado por um morador no bairro Jardim Canaã e, desde 4 de setembro, ficou sob os cuidados do Centro de Recuperação de Animais Silvestres da Universidade Estácio de Sá, em Vargem Pequena.

O coordenador operacional da guarda, Carlos Januzzi, disse que a ave vai poder conviver novamente com os outros animais da mesma espécie. Ele reforçou ainda que pessoas despreparadas não devem tentar manipular ou resgatar animais silvestres, e o ideal é deixar o animal em um local seguro e acionar o órgão competente.

— Essa espécie de gavião é encontrada em ambientes urbanos e rurais, e é importante no equilíbrio ecológico da fauna, pois evita superpopulação de roedores — explicou.

Segundo o médico veterinário e biólogo responsável pela Clínica de Recuperação de Animais Silvestres da Estácio de Sá, Jeferson Rocha Pires, o gavião chegou ao local debilitado e com vários ferimentos.

— Ele teve conflitos com passarinhos, normal na natureza, e deve ter colidido em algum lugar ou alguma coisa. Chegou machucado e fizemos sua recuperação. Agora está apto para ser devolvido à natureza — finalizou.