Ouça agora

Ao vivo

Dia Mundial sem Tabaco é lembrado em Macaé
Norte Fluminense
Dia Mundial sem Tabaco é lembrado em Macaé
Maratona do Rio 2024 começa nesta quinta-feira com recorde de inscritos
Rio de Janeiro
Maratona do Rio 2024 começa nesta quinta-feira com recorde de inscritos
Prefeitura de Maricá divulga programação de Corpus Christi
Maricá
Prefeitura de Maricá divulga programação de Corpus Christi
Paraty e Angra dos Reis recebem lançamento de livro sobre a Costa Verde
Angra dos Reis
Paraty e Angra dos Reis recebem lançamento de livro sobre a Costa Verde
Prazo para adesão ao Desenrola Fies é prorrogado até 31 de agosto
Destaque
Prazo para adesão ao Desenrola Fies é prorrogado até 31 de agosto
Estudantes de Caxias ganham nova escola municipal bilíngue
Baixada Fluminense
Estudantes de Caxias ganham nova escola municipal bilíngue
Ocupação hoteleira na Região dos Lagos deve ultrapassar os 75% durante o feriadão de Corpus Christi
Costa do Sol
Ocupação hoteleira na Região dos Lagos deve ultrapassar os 75% durante o feriadão de Corpus Christi

Má fase faz Vasco desistir de levar jogo contra o Cuiabá para Manaus

Clube negociava mandar partida da 12ª rodada na Arena da Amazônia, mas entende que rendimento pode ser prejudicado e vai manter o mando em São Januário
Foto: CRVG

O Vasco negociava levar o jogo contra o Cuiabá, no dia 26 de junho (segunda-feira), pela 12ª rodada do Brasileirão, para Manaus. No entanto, a sequência negativa de quatro derrotas fez o clube abortar a operação, e a partida será mantida em São Januário.

A ideia de mandar o jogo na Arena da Amazônia era para prestigiar a torcida da região. Há muitos vascaínos em Manaus, e eles têm poucas chances de ver o time em ação. Além de uma estratégia de marketing e de aproximação com o torcedor de fora do Rio, o Vasco também lucraria. Mas o entendimento é que, mesmo com estádio lotado a favor do Vasco, o jogo fora poderia atrapalhar no rendimento do time. E o foco interno agora é na recuperação esportiva.

Após a derrota por 4 a 1 para o Flamengo, na última segunda-feira, torcedores tentaram invadir São Januário e cobram a saída do treinador Maurício Barbieri e dos dirigentes Luiz Mello (CEO) e Paulo Bracks (diretor esportivo). No momento, essa possibilidade está fora da mesa, e eles têm o respaldo da 777 Partners.

Em 19º lugar, com seis pontos em nove jogos, o Vasco volta a campo no próximo domingo, às 16h, para enfrentar o Internacional no Beira-Rio. O time se reapresentou nesta terça e viaja para Porto Alegre na próxima sexta. No sábado, Barbieri comanda treino no Sul.