Ouça agora

Ao vivo

Macaé ganha novas redes de esgoto na Aroeira
Norte Fluminense
Macaé ganha novas redes de esgoto na Aroeira
Itaipuaçu recebe evento Passaporte em Ação
Maricá
Itaipuaçu recebe evento Passaporte em Ação
Petrópolis tem 82 hectares de área queimada no primeiro semestre do ano
Destaque
Petrópolis tem 82 hectares de área queimada no primeiro semestre do ano
Eleições Municipais têm mulheres como maioria do eleitorado, revela TSE
Brasil
Eleições Municipais têm mulheres como maioria do eleitorado, revela TSE
Eduardo Paes lança candidatura à reeleição, mas ainda sem o nome do vice. Pedro Paulo é o preferido
Política
Eduardo Paes lança candidatura à reeleição, mas ainda sem o nome do vice. Pedro Paulo é o preferido
Prouni terá mais de 240 mil bolsas no segundo semestre
Brasil
Prouni terá mais de 240 mil bolsas no segundo semestre
Projeto de Judô transforma vida de 280 crianças em Japeri
Baixada Fluminense
Projeto de Judô transforma vida de 280 crianças em Japeri

Lula reorganiza Ministério após negociações com Centrão para reforçar apoio parlamentar

Ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, confirmou intenção do presidente Lula (PT) de convidar deputados do PP e do Republicanos para o Governo Federal

Após uma prolongada rodada de negociações com o Centrão, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, filiado ao Partido dos Trabalhadores (PT), está prestes a concretizar uma significativa reestruturação ministerial. Nesse contexto, um acordo foi alcançado para a troca de Daniela Carneiro, representante da União-RJ, pela nomeação de Celso Sabino, proveniente da União-PA, como novo ministro do Turismo. Contudo, o alcance do entendimento vai além: Lula concordou em atender a mais duas demandas dos partidos que compõem o bloco do Centrão na Câmara dos Deputados, envolvendo a concessão de pastas ministeriais.

No final da noite de sexta-feira (4), Alexandre Padilha, atual ministro das Relações Institucionais, confirmou publicamente a intenção de Lula em convidar dois parlamentares para assumir funções ministeriais relevantes. André Fufuca, representando o Progressistas (PP) do Maranhão, e Sílvio Costa Filho, filiado aos Republicanos de Pernambuco, foram os escolhidos para ocupar essas posições estratégicas na Esplanada dos Ministérios. No entanto, Padilha não divulgou quais ministérios sofrerão mudanças.

Padilha ressaltou que essa decisão tem um propósito mais amplo. Ele mencionou que esses parlamentares, por representarem bancadas de destaque no Congresso Nacional, possuem o potencial de atrair outros colegas e integrá-los ao governo. Esse movimento é estratégico para fortalecer a base governista, uma vez que tanto o PP quanto os Republicanos detêm um total de 90 cadeiras na Câmara dos Deputados.

A importância da colaboração entre o Governo Federal e o Centrão também foi destacada por Padilha. Ele sublinhou que a contribuição das bancadas do Centrão na Câmara dos Deputados é vital para a aprovação de pautas prioritárias, como a reforma tributária, o marco fiscal e a aprovação do orçamento. Essa colaboração é vista como crucial para Lula construir uma base sólida de apoio parlamentar na Casa.

As inclusões de André Fufuca, que lidera o PP na Câmara, e Sílvio Costa Filho nos ministérios têm sido tópicos de discussão dentro das siglas ligadas ao Centrão há aproximadamente um mês. Isso foi antecipado quando Padilha conduziu negociações políticas no Palácio do Planalto, em Brasília. No entanto, devido à agenda do presidente Lula na Cúpula da Amazônia, a conclusão dessas mudanças ministeriais será adiada por mais alguns dias, com a previsão de que as modificações efetivamente ocorram após o dia 10 de agosto.