Ouça agora

Ao vivo

PM prende homem com drogas em Macaé
Norte Fluminense
PM prende homem com drogas em Macaé
Segurança Presente resgata 42 pessoas de um suposto centro de reabilitação clandestino em Nova Iguaçu
Nova Iguaçu
Segurança Presente resgata 42 pessoas de um suposto centro de reabilitação clandestino em Nova Iguaçu
Anuário Brasileiro de Segurança Pública aponta redução das Mortes Violentas Intencionais no RJ
Destaque
Anuário Brasileiro de Segurança Pública aponta redução das Mortes Violentas Intencionais no RJ
Escola Municipal do Idoso está com inscrições abertas até o dia 23/07
Maricá
Escola Municipal do Idoso está com inscrições abertas até o dia 23/07
Colecionadores podem comprar selos em comemoração aos 50 anos da Hello Kitty
Destaque
Colecionadores podem comprar selos em comemoração aos 50 anos da Hello Kitty
Inscrições para o Prouni abrem nesta terça-feira (23)
Brasil
Inscrições para o Prouni abrem nesta terça-feira (23)
Cláudio Castro autoriza construção de três novos batalhões da PM
Destaque
Cláudio Castro autoriza construção de três novos batalhões da PM

Lula anuncia investimentos de R$ 2,6 bilhões na mobilidade do Rio

Mais ônibus no BRT e anel viário em Campo Grande estão no pacote. Com o dinheiro Prefeitura promete investir em mais 700 coletivos
Foto: Reprodução

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva está no Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (10), para anunciar uma série de investimentos em mobilidade urbana na cidade, totalizando um pacote de R$ 2,6 bilhões.

Através da colaboração entre o governo federal e a prefeitura da capital fluminense, será destinado um montante de R$ 1,8 bilhão para a restauração do BRT, além de R$ 820 milhões para a construção do Anel Viário no bairro de Campo Grande.

O prefeito Paes elogiou a ação, afirmando que as obras na Transoeste serão finalizadas até dezembro. Ele expressou gratidão ao presidente Lula, reconhecendo que essas iniciativas beneficiarão especialmente as populações trabalhadoras e de baixa renda da cidade. Paes destacou a importância da Zona Oeste, que abrange mais da metade do território e dois quintos da população carioca.

No contexto do BRT, os recursos serão direcionados para a aquisição de aproximadamente 700 ônibus, a renovação do corredor Transoeste e a criação de terminais e garagens públicas. A viabilização financeira resultou de operações de crédito com o Banco do Brasil, totalizando R$ 1,2 bilhão, e com a Caixa Econômica Federal, de R$ 645 milhões. O objetivo é que até 2024, o BRT opere plenamente com seus quatro corredores, utilizando 100% dos ônibus.

O investimento também abarcará a melhoria completa da infraestrutura do sistema. No caso da Transoeste, está prevista a substituição do pavimento, a recuperação da base do corredor e a revitalização de estações, como Mato Alto, Pingo D’Água, Curral Falso e Santa Cruz. A estação Magarça será ampliada.

Quanto ao Anel Viário em Campo Grande, inclui um mergulhão sob a Avenida Cesário de Melo, um túnel de 600 metros sob o Morro Luiz Bom, bem como rótulas nas ruas Artur Rios e na Estrada da Caroba. As obras tiveram início ainda na quinta-feira, marcadas por uma implosão no Morro Luiz Bom. Este projeto visa aprimorar o fluxo de tráfego, diminuir o tempo de deslocamento e facilitar a mobilidade. O plano também incorpora dois quilômetros de ciclovia.

Uma intervenção adicional será a criação da Floresta da Posse, uma área verde de 950 mil m², equivalente a mais de 130 campos de futebol. O projeto prevê o plantio de 240 mil árvores, a revitalização dos mananciais, a preservação da fauna e da flora nativas, contribuindo para a proteção do meio ambiente.