Ouça agora

Ao vivo

Justiça reduz pena de condenado por morte de cinegrafista em protesto
Brasil
Justiça reduz pena de condenado por morte de cinegrafista em protesto
Bono, cachorro pentacampeão mundial de surf dog comemora aniversário no Rio
Destaque
Bono, cachorro pentacampeão mundial de surf dog comemora aniversário no Rio
Cláudio Castro se reúne com presidentes do Senado e da Câmara e defende regras mais duras para o combate ao crime
Destaque
Cláudio Castro se reúne com presidentes do Senado e da Câmara e defende regras mais duras para o combate ao crime
Governo cria sistema para emitir carteira para pessoa com TEA
Destaque
Governo cria sistema para emitir carteira para pessoa com TEA
Cantinas de prisões e hospitais penitenciários deixam de funcionar
Destaque
Cantinas de prisões e hospitais penitenciários deixam de funcionar
Estudantes de Maricá conquistam medalhas nos Jogos Escolares do Rio de Janeiro
Maricá
Estudantes de Maricá conquistam medalhas nos Jogos Escolares do Rio de Janeiro
Luiz Gonzaga será homenageado em Arraiá de Duque de Caxias
Destaque
Luiz Gonzaga será homenageado em Arraiá de Duque de Caxias

Locutor da Festa do Peão de Barretos ironiza caso das joias

Ex-presidente compareceu ao rodeio do interior de São Paulo com Tarcísio de Freitas
Foto: Reprodução Twitter

A tradicional festa do Peão de Barretos, no interior de São Paulo, teve a presença do ex-presidente Jair Bolsonaro, na noite da sexta-feira (25). À vontade no palco do rodeio, ele viu até o locutor do rodeio ironizar o caso das joias pelo qual é investigado pela Polícia Federal.

A voz referência da locução dos rodeios, Cuiabano Lima, é apoiador de Bolsonaro. O locutor se dirigiu à influenciadora Cíntia Chagas, esposa do deputado estadual Lucas Bove (PL-SP) e dona de uma conta no Instagram com mais de 2 milhões de seguidores, e ao ex-presidente para fazer a brincadeira. A comitiva bolsonarista no palco riu do comentário, e a própria comunicadora publicou o momento nos Stories da rede social.

— Nós é caipira, mas nós somos joia, Cíntia Chagas. Nós é caipira, mas nós é joia. Tem gente que era contra, mas hoje o Brasil inteiro torce e apoia — discursou para uma plateia lotada na arena de shows.

A Policia Federal acredita na existência de uma organização criminosa no entorno de Bolsonaro que desviou joias, relógios, esculturas e outros itens de luxo recebidos pelo ex-presidente como representante do Estado brasileiro.

O ex-presidente chegou a Barretos com o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas, o presidente da Assembleia Legislativa (Alesp) e outros aliados. Antes do rodeio, Bolsonaro participou da entrega de 87 moradias, obras viárias para a recuperação de 44,5 km de estradas vicinais e uma nova delegacia da Polícia Civil. Os investimentos somam R$ 83,5 milhões. Jair Bolsonaro também recebeu o título de cidadão honorário de Barretos.

Na arena da Festa do Peão, Tarcísio enalteceu o ex-presidente, chamando de amigo e dizendo ser muito grato ao aliado, que foi ovacionado aos gritos de “mito” pelo público. Em seguida, ele falou ao microfone.

— Fizemos o possível (no governo). Entregamos, infelizmente, o Brasil bem melhor do que recebi lá atrás. Digo infelizmente tendo em vista quem assumiu. Mas não estamos aqui fazendo política. O Brasil é de todos nós. E grande parte da nossa economia vem de vocês (do campo) — discursou o ex-presidente.

Festa tradicional 

A Festa do Peão de Barretos começou no dia 17 de agosto e só termina no dia 27. Esse é o principal evento sertanejo do país. A comemoração anualmente reúne as maiores estrelas do gênero e tem arrastado uma multidão para o Parque do Peão, no município paulista a 421km da capital, São Paulo.

O line-up deste ano tem nomes como Luan Santana, Chitãozinho & Xororó, Zé Neto & Cristiano, Ana Castela, César Menotti & Fabiano e Fernando & Sorocaba. Outros artistas, que não do mundo sertanejo, também compõem a programação, a exemplo do DJ Alok e do grupo de pagode Menos é mais.

O público é majoritariamente simpático a Bolsonaro. No evento do ano passado, Bolsonaro compareceu ao evento em meio ao clima das eleições. O jingle da campanha de reeleição foi tocado, o palco teve o empresário Luciano Hang como animador de plateia, e a paródia do “Baile da favela” do MC Reaça, com críticas à esquerda, incentivou as pessoas a xingaram o petista em coro.