Ouça agora

Ao vivo

Vítima morta durantge comício de Donald Trump é identificada
Destaque
Vítima morta durantge comício de Donald Trump é identificada
Morre escritor e jornalista Sérgio Cabral Santos aos 87 anos
Destaque
Morre escritor e jornalista Sérgio Cabral Santos aos 87 anos
FBI identifica atirador que tentou matar Donald Trump
Destaque
FBI identifica atirador que tentou matar Donald Trump
Donald Trump sofre atentado durante um comício de sua candidatura à presidência dos EUA
Destaque
Donald Trump sofre atentado durante um comício de sua candidatura à presidência dos EUA
Vestibular Uerj 2025: inscrições para o 2º Exame de Qualificação
Destaque
Vestibular Uerj 2025: inscrições para o 2º Exame de Qualificação
Julgamento de Alec Baldwin por homicídio culposo é anulado por ocultação de provas
Destaque
Julgamento de Alec Baldwin por homicídio culposo é anulado por ocultação de provas
Queimados promove quarta edição da Colônia de Férias no Horto
Baixada Fluminense
Queimados promove quarta edição da Colônia de Férias no Horto

Justiça aceita recurso e Vasco vai enfrentar Atlético-MG no Maracanã

Desembargador acata mandado de segurança e libera partida de domingo no estádio
Foto: Buda Mendes

A Justiça do Rio de Janeiro aceitou, nesta quinta-feira, o recurso do Vasco, e o jogo contra o Atlético-MG será realizado no domingo, às 11h, no Maracanã.

Na manhã desta quinta, o departamento jurídico do Vasco apresentou recurso na tentativa de reformar a decisão que impediu a realização da partida no estádio.

Em sua decisão, o relator Nagib Slabi Filho citou que o Maracanã é um bem público de todos.

– O Maracanã é muito mais que propriedade pública, no caso cedida, temporariamente, a dois grandes clubes de futebol. É imóvel de propriedade social, não só do povo carioca, mas de todos brasileiros, aficionados ou não do futebol. Está no imaginário social, assim como Wembley, Centenário e outros estádios que transcendem o simples aspecto futebolístico – diz trecho da decisão.

As diretorias de Flamengo e Fluminense alegam que o jogo será prejudicial para o gramado do Maracanã, uma vez que sua realização no local não estava planejada. Os clubes conseguiram derrubar, nesta quarta, a liminar da 43ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, que autorizou que o Vasco jogue no local. No entanto, o Vasco recorreu e conseguiu novamente a permissão para jogar no estádio.

Essa foi a terceira vez que o Vasco precisou acionar a Justiça para jogar no estádio. Em todas o clube obteve sucesso. A primeira vez foi no ano passado, contra o Sport. No início do Campeonato Brasileiro desse ano o Vasco enfrentou o Palmeiras no estádio.