Ouça agora

Ao vivo

Segurança Presente resgata 42 pessoas de um suposto centro de reabilitação clandestino em Nova Iguaçu
Nova Iguaçu
Segurança Presente resgata 42 pessoas de um suposto centro de reabilitação clandestino em Nova Iguaçu
Anuário Brasileiro de Segurança Pública aponta redução das Mortes Violentas Intencionais no RJ
Destaque
Anuário Brasileiro de Segurança Pública aponta redução das Mortes Violentas Intencionais no RJ
Escola Municipal do Idoso está com inscrições abertas até o dia 23/07
Maricá
Escola Municipal do Idoso está com inscrições abertas até o dia 23/07
Colecionadores podem comprar selos em comemoração aos 50 anos da Hello Kitty
Destaque
Colecionadores podem comprar selos em comemoração aos 50 anos da Hello Kitty
Inscrições para o Prouni abrem nesta terça-feira (23)
Brasil
Inscrições para o Prouni abrem nesta terça-feira (23)
Cláudio Castro autoriza construção de três novos batalhões da PM
Destaque
Cláudio Castro autoriza construção de três novos batalhões da PM
G20 inicia semana de encontros econômicos e sociais no Rio
Brasil
G20 inicia semana de encontros econômicos e sociais no Rio

Juiz intima envolvidos com a morte do filho de Cissa Guimarães a se apresentarem em 15 dias para cumprir pena

A ordem é que se apresentem em um prazo de 15 dias para iniciar o cumprimento de suas penas relacionadas ao envolvimento na morte de Rafael Mascarenhas
Imagem: Reprodução g1

A Vara de Execuções Penais do Rio de Janeiro emitiu uma ordem de intimação para que Rafael Bussamra e seu pai, Roberto Bussamra, se apresentem em um prazo de 15 dias para iniciar o cumprimento de suas penas relacionadas ao envolvimento na morte de Rafael Mascarenhas, filho da atriz e apresentadora Cissa Guimarães.

Treze anos após o trágico incidente em que Rafael Mascarenhas foi atropelado em um túnel na Zona Sul do Rio de Janeiro, os réus deste crime estão sendo chamados de volta à prisão, desta vez em regime semiaberto.

No final de julho, a 16ª Vara Criminal do Rio (onde Rafael e Roberto foram condenados em primeira instância em 2015) decidiu que deveriam cumprir um acórdão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e expediu uma carta de execução da sentença definitiva, que os mandava para o regime de prisão semiaberto.

Em um processo judicial que teve seus altos e baixos, diferentes instâncias judiciais revisaram as penas dos condenados ao longo dos anos. Rafael Bussamra foi condenado por atropelar Rafael em uma área que estava fechada para carros, enquanto Roberto Bussamra foi condenado por corromper policiais militares que estiveram na cena do atropelamento.

Desde 2015, os advogados de Rafael Bussamra e de seu pai, Roberto Bussamra, recorreram até o Supremo Tribunal Federal (STF) para evitar a prisão. No entanto, esgotaram-se todas as possibilidades de recurso, e agora os dois podem ser detidos novamente, lembrando que na época da condenação, eles passaram menos de uma semana na prisão. Rafael Mascarenhas foi atropelado na madrugada de 20 de julho de 2010 no Túnel Acústico, que hoje leva seu nome, conectando a Gávea ao Túnel Zuzu Angel em direção a São Conrado. Naquela noite, as galerias do Túnel Acústico estavam fechadas para manutenção, como ocorre periodicamente até hoje. Rafael e seus amigos estavam aproveitando essa interdição para andar de skate e ganhar velocidade no declive do túnel.

No entanto, segundo as investigações, Rafael Bussamra fez um retorno na contramão exatamente para acessar a parte bloqueada do túnel e seguir em direção à Lagoa. Testemunhas também relataram que ele estava envolvido em uma corrida ilegal com amigos.

O veículo Siena de Bussamra atingiu Mascarenhas a uma velocidade de cerca de 100 km/h. O skatista foi lançado a uma distância de 50 metros, e o carro teve seu para-brisa e frente totalmente destruídos. Infelizmente, a vítima veio a falecer horas depois do acidente.