Ouça agora

Ao vivo

Macaé ganha novas redes de esgoto na Aroeira
Norte Fluminense
Macaé ganha novas redes de esgoto na Aroeira
Itaipuaçu recebe evento Passaporte em Ação
Maricá
Itaipuaçu recebe evento Passaporte em Ação
Petrópolis tem 82 hectares de área queimada no primeiro semestre do ano
Destaque
Petrópolis tem 82 hectares de área queimada no primeiro semestre do ano
Eleições Municipais têm mulheres como maioria do eleitorado, revela TSE
Brasil
Eleições Municipais têm mulheres como maioria do eleitorado, revela TSE
Eduardo Paes lança candidatura à reeleição, mas ainda sem o nome do vice. Pedro Paulo é o preferido
Política
Eduardo Paes lança candidatura à reeleição, mas ainda sem o nome do vice. Pedro Paulo é o preferido
Prouni terá mais de 240 mil bolsas no segundo semestre
Brasil
Prouni terá mais de 240 mil bolsas no segundo semestre
Projeto de Judô transforma vida de 280 crianças em Japeri
Baixada Fluminense
Projeto de Judô transforma vida de 280 crianças em Japeri

João Gomes levanta plateia na Festa da Padroeira, em Maricá

A programação foi dividida entre dois palcos. As apresentações de artistas populares de projeção nacional ocorrem até esta segunda-feira
Foto: Divulgação Prefeitura de Maricá

Nem a forte chuva que caiu sobre a cidade na noite deste domingo (13/08) impediu o público de lotar o palco da Barra para ver o forrozeiro João Gomes na festa da padroeira de Maricá. O jovem cantor e compositor pernambucano de apenas 21 anos empolgou a plateia com seus sucessos como “Eu tenho a Senha” e “Meu Pedaço de Pecado”, além de covers de “A Noite” (da cantora Tiê), “Como Eu Quero” (clássico do Kid Abelha), “Infiel” (de Marília Mendonça, com imagem dela no telão) e “Anunciação” (de Alceu Valença). A programação também contou com Moniquinha Ângelo, Bruna Mandz e o pagode do grupo Oh, Sorte fechando a noite.

Antes do show principal, a chuva oscilava entre a constância e momentos de trégua, mas o público permaneceu firme à espera do artista. Entre eles estava a comerciante Ivonete de Lima Estácio, de 46 anos, que veio de Duque de Caxias (na Baixada Fluminense) com o marido, a filha e a neta, todos preparados com capa e guarda-chuva. “Tenho casa aqui em Cordeirinho e venho sempre pra ver os shows daqui. Sou muito fã do João Gomes e não podia perder”, disse Ivonete.

As amigas Vanessa Frazão, de 20 anos, e Maria Vitória Matias, de 18, moram em Jaconé e Ponta Negra respectivamente e se dizem também assíduas dos shows da cidade. “A gente já frequenta sempre que tem show, e está muito legal esse ano, muita gente boa vindo”, observou Maria Vitória, que é estudante de Nutrição.

Já no palco, João Gomes deu um show também de simpatia com o público, autografando chapéus e bonés que eram jogados para ele. O cantor também chamou ao palco o casal de irmãos Emanuel, de 7 anos, e Beatriz, de 6, que pularam e dançaram ao lado do artista. A mãe deles, Roselaine Moreira, disse que os filhos são muito fãs do pernambucano. “Vai ser uma coisa que eles vão poder contar pro resto da vida, muito legal pra eles”, celebrou a moradora de Cordeirinho, de 40 anos.

Após a apresentação, João Gomes afirmou estar feliz com a receptividade e agradeceu à plateia pela presença e pela persistência em assisti-lo cantar. “Foi uma coisa surreal. Eu vim de outro show no Rio e, no caminho para cá, eu me perguntava se ia ter alguém em Maricá para ver meu show. Quando cheguei estava todo mundo pronto esperando e, na hora, o pessoal cantou todo junto. Só posso agradecer a Deus e ao público que veio, e tinha gente vinda do Nordeste também, eu perguntei lá e muita gente respondeu. É um privilégio enorme ver toda essa galera aqui e também é um grande prazer mostrar a nossa cultura por meio da música”, ressaltou o cantor.

O secretário de Turismo de Maricá, Robson Dutra, falou sobre o sucesso de mais essa maratona de shows em 2023, que termina nesta segunda-feira (14/08) com o cantor Ferrugem. “A cada evento nós vamos melhorando cada detalhe, e desta vez recebemos elogios públicos dos artistas sobre a nossa estrutura, o que é um bom retorno para nós. No caso desta festa da padroeira não foi diferente, já podemos considerar outro grande sucesso”, avaliou Dutra.

Shows na Barra e no Centro

A programação foi dividida entre dois palcos. As apresentações de artistas populares de projeção nacional ocorrem até esta segunda-feira (14/08), no espaço da Barra de Maricá, quando o pagodeiro Ferrugem fecha a maratona. Haverá ainda shows de Lara Zuzarte na abertura e de Léo Lima no encerramento. As apresentações têm início às 20h. Já na Praça Orlando de Barros Pimentel, no Centro, as apresentações seguem na segunda-feira com a banda Dom, e o cantor Dunga encerra a programação na terça (15/08). Os shows têm início previsto para às 20h30.

Na parte religiosa, a novena na igreja matriz com a oração do rosário de Nossa Senhora teve início no dia 06 e vai até esta segunda. Na terça-feira (15/08), dia em que se celebra a padroeira de Maricá, a agenda começa com duas missas às 8h e às 10h, mas está programado ainda um almoço ao meio-dia. Às 17h, acontece a missa solene seguida da tradicional procissão pelas ruas do Centro, com a imagem de Nossa Senhora do Amparo e dos padroeiros das capelas.

Confira a programação de shows da Festa da Padroeira de Maricá:

Programação social
Barra de Maricá (Avenida João Saldanha)

14/08 – Segunda-feira

20h00 – Lara Zuzarte
22h30 – Ferrugem
00h30 – Léo Lima

Programação católica
Centro (Praça Orlando de Barros Pimentel)

14/08 – Segunda-feira
20h30 – Banda Dom

15/08 – Terça-feira
20h30 – Dunga