Ouça agora

Ao vivo

Comando de Polícia Rodoviária registra queda no número de acidentes com vítimas fatais durante o feriado de São Jorge
Destaque
Comando de Polícia Rodoviária registra queda no número de acidentes com vítimas fatais durante o feriado de São Jorge
Alerj aprova projeto para ampliar combate ao trabalho análogo à escravidão
Política
Alerj aprova projeto para ampliar combate ao trabalho análogo à escravidão
Prefeitura do Rio promove consulta pública sobre concessão de parques municipais
Rio de Janeiro
Prefeitura do Rio promove consulta pública sobre concessão de parques municipais
Maricá recebe prêmio destaque do artesanato na 16ª Rio Artes
Maricá
Maricá recebe prêmio destaque do artesanato na 16ª Rio Artes
Passagem de carretas interditará descida da serra de Petrópolis na madrugada de 25/04
Estado
Passagem de carretas interditará descida da serra de Petrópolis na madrugada de 25/04
Cidades do Rio podem ganhar “Café do Trabalhador”
Política
Cidades do Rio podem ganhar “Café do Trabalhador”
CBF divulga data e horário dos jogos da terceira fase da Copa do Brasil
Esportes
CBF divulga data e horário dos jogos da terceira fase da Copa do Brasil

Instagram lança Threads, rede social para rivalizar com o Twitter

Rede social foi revelada dias após o Twitter anunciar um limite para leitura de posts. Usuários poderão fazer login e encontrar amigos por meio de suas contas no Instagram.
Foto: Divulgação

O Instagram lançou nesta quarta-feira (5) o Threads, uma rede social criada para rivalizar com o Twitter, que anunciou há alguns dias um limite temporário para leitura de posts.

Disponível para Android e iPhone (iOS), o Threads vai aproveitar o alcance de seu aplicativo-irmão para crescer.

Na nova rede social, os usuários poderão fazer login e encontrar amigos por meio de suas contas no Instagram, que tem mais de 2 bilhões de usuários.

Além disso, quem tiver as duas contas conectadas vai mostrar na bio do Instagram o número de sua inscrição no novo app. Mark Zuckerberg, por exemplo, foi o 1º a entrar no Threads

Anunciada como um espaço de “atualizações em tempo real e conversas públicas”, a nova rede se parece muito com plataformas como Twitter, Bluesky e Mastodon.

Ela suporta posts com até 500 caracteres, além de links, fotos e vídeos de até 5 minutos. Também é possível curtir, comentar e compartilhar o que outras pessoas publicaram.

Uma diferença para o Twitter é que o Threads não tem área de trending topics, que mostra assuntos mais comentados na rede. Segundo a nova rede social, esse recurso será lançado no futuro.

Os usuários do Threads decidem quem pode responder aos seus posts – todos, apenas quem estão seguindo ou apenas as contas citadas – e tem recursos de segurança como o filtro que oculta termos específicos em comentários. Os usuários que você bloqueou no Instagram também são bloqueados no novo aplicativo.

A previsão era de o Threads fosse liberado apenas na quarta-feira (6), às 11h, mas o Instagram decidiu adiantar seu lançamento para esta quarta-feira (5), às 20h.

O Instagram afirmou que sua equipe está trabalhando para tornar o Threads compatível com redes sociais abertas por meio do padrão aberto ActivityPub, usado pelo Mastodon. Assim, mesmo quem não tiver o Threads poderá seguir e interagir com pessoas que estão na rede social.

“Nosso plano é trabalhar com o ActivityPub para garantir que as pessoas tenham a opção de parar de usar o Threads e transferir o seu conteúdo para outro serviço”, afirmou o Instagram.

O Bluesky, outra plataforma que cresceu após o limite de leitura do Twitter, também pode se comunicar com outras plataformas, mas usa o padrão AT Protocol.

No último sábado (1º), Elon Musk, que comprou o Twitter por US$ 44 bilhões, anunciou que a rede social teria um limite temporário para leitura de posts. Com a mudança, usuários não verificados podem ler, no máximo, 1.000 tuítes por dia.

Para ter direito a ler 10.000 posts diariamente, o maior limite definido pela empresa, é preciso ter contas verificadas por sua relevância ou por assinar o Twitter Blue, versão paga da rede social que custa R$ 42 por mês.

SIGAM A RÁDIO MANCHETE NO THREADS