Ouça agora

Ao vivo

Vítima morta durantge comício de Donald Trump é identificada
Destaque
Vítima morta durantge comício de Donald Trump é identificada
Morre escritor e jornalista Sérgio Cabral Santos aos 87 anos
Destaque
Morre escritor e jornalista Sérgio Cabral Santos aos 87 anos
FBI identifica atirador que tentou matar Donald Trump
Destaque
FBI identifica atirador que tentou matar Donald Trump
Donald Trump sofre atentado durante um comício de sua candidatura à presidência dos EUA
Destaque
Donald Trump sofre atentado durante um comício de sua candidatura à presidência dos EUA
Vestibular Uerj 2025: inscrições para o 2º Exame de Qualificação
Destaque
Vestibular Uerj 2025: inscrições para o 2º Exame de Qualificação
Julgamento de Alec Baldwin por homicídio culposo é anulado por ocultação de provas
Destaque
Julgamento de Alec Baldwin por homicídio culposo é anulado por ocultação de provas
Queimados promove quarta edição da Colônia de Férias no Horto
Baixada Fluminense
Queimados promove quarta edição da Colônia de Férias no Horto

Inquérito militar responsabiliza governo Lula por ataques de 8 de janeiro

Relatório aponta que militares que atuavam na segurança do Planalto não tinham como evitar invasões
Foto: Divulgação

Um inquérito policial militar aberto para apurar a responsabilidade de militares que faziam a guarda do Palácio do Planalto no dia 8 de janeiro, apontou “indícios de responsabilidade” da Secretaria de Segurança e Coordenação Presidencial, ligada ao Gabinete de Segurança Institucional (GSI) e isentou os militares que estavam atuando no dia dos atos antidemocráticos.

O conteúdo do relatório foi divulgado nesta segunda-feira (31) pelo jornal “Folha de S. Paulo”. O relatório foi concluído no dia 2 de março e recebeu uma complementação no dia 14 de março.

“Devido a uma previsão de ‘normalidade’ por parte daquele órgão (Secretaria Presidencial) —que não se verificou na realidade—, o efetivo solicitado ao CMP e empregado foi abaixo do necessário diante do grande número de invasores e do comportamento agressivo dos mesmos”, diz o relatório.