Ouça agora

Ao vivo

Procon e Conselho de Veterinária fazem fiscalização e interditam clínicas na zona norte do Rio
Estado
Procon e Conselho de Veterinária fazem fiscalização e interditam clínicas na zona norte do Rio
Governo se reúne com professores e servidores federais em greve para discutir revisão de carreira
Destaque
Governo se reúne com professores e servidores federais em greve para discutir revisão de carreira
Rio das Ostras e Senac RJ oferecem curso gratuito no setor de Gastronomia
Costa do Sol
Rio das Ostras e Senac RJ oferecem curso gratuito no setor de Gastronomia
Workshop de atendimento segue com inscrições abertas
Angra dos Reis
Workshop de atendimento segue com inscrições abertas
Maricá lança ferramenta de segurança nas escolas
Maricá
Maricá lança ferramenta de segurança nas escolas
Nova Iguaçu recebe mais uma edição da Festa de São Jorge
Nova Iguaçu
Nova Iguaçu recebe mais uma edição da Festa de São Jorge
Governador Cláudio Castro nomeia novo secretário de Polícia Militar
Estado
Governador Cláudio Castro nomeia novo secretário de Polícia Militar

Influenciadora acusa Antony, do Manchester United, de agressões e ameaça

Foto: Reprodução

Ex-namorada de Antony, Gabriela Cavallin registrou um Boletim de Ocorrência contra o jogador brasileiro do Manchester United, na última segunda-feira (5), por violência doméstica, lesão corporal e ameaça. O caso, registrado na 5º Delegacia da Mulher, no Tatuapé, Zona Leste de São Paulo.

A reportagem, que teve acesso ao documento recebido pela delegada Jaqueline Rose Silva Lopes Zajac, também entrou em contato com Antony, através de sua assessoria de imprensa, e também com o Manchester United, que não se pronunciaram até o momento.

Em seu depoimento à polícia, Gabriela Cavallin, que é DJ e influenciadora digital, afirmou ter mantido relação com Antony por quase dois anos, tendo, inclusive, morado com o jogador em Amsterdã, na Holanda, onde ele defendia o Ajax, e depois em Manchester. Segundo ela, a primeira agressão, de quatro relatadas no B.O., aconteceu em julho de 2022.

Cavallin relatou que o primeiro episódio de violência aconteceu após ela terminar o relacionamento com o jogador em uma festa, em uma casa noturna na Vila Olímpia, em São Paulo. Ela afirma que Antony a retirou do local com a ajuda de seguranças, a puxou pelo braço e cabelo e a empurrou para dentro de um carro. A DJ, que não precisou a data do fato, estava grávida de cerca de 17 semanas na ocasião, segundo o boletim de ocorrência.

Ainda em julho, no dia 21, conforme descrito pela DJ e influenciadora, ela perdeu o bebê. Em seu depoimento, ela não relaciona o fato à agressão que teria sofrido no mesmo mês.

Em agosto, Cavallin relatou ter reatado o namoro com Antony e se mudou com ele para a Holanda e logo depois para a Inglaterra. As agressões voltariam a acontecer em janeiro de 2023.

O segundo episódio relatado no B.O teria acontecido no apartamento de Cavallin. Antony teria a agredido por “motivos de ciúmes”, tendo causado deslocamento de sua prótese de silicone. Ela relate que teria sido atendida por dois médicos do Manchester United e depois teve que passar por cirurgia em Presidente Prudente, interior de São Paulo, em abril de 2023.

A ex-namorada relata mais duas agressões físicas que teriam acontecido na Inglaterra. Um dos episódios teria sido presenciado por uma amiga de Cavallin, citada como testemunha, e também pela mãe de Antony.

A DJ cita que ela se feriu, com um corte no dedo, por uma taça quebrada por Antony. A foto da cicatriz na mão de Cavallin foi anexada ao boletim de ocorrência.

Nesse mesmo dia, segundo o depoimento, Antony teria seguido a agredindo e quebrou seu celular, para que ela não pedisse ajuda. Em sua versão, Cavallin só conseguiu deixar o local cinco horas depois, quando o fisioterapeuta do jogador a levou ao médico.

Cavallin também relatou já ter sido ameaçada por Antony, no dia 20 de maio, quando já tinha retornado ao Brasil. O jogador teria ligado para ela e dito que “se a visse com alguém, a mataria”. A DJ e influenciadora informou a polícia temor de o atleta ter acesso a arma de fogo por sua condição financeira e também por “ainda ter muitos amigos na comunidade onde nasceu”.

No B.O, também há o relato de episódios nos quais Antony teria mostrado “descontrole emocional” ao afirmar que “se mataria” após brigas entre o casal. Desde o dia 28 de maio, Cavallin afirma não ter tido mais nenhum contato com o jogador.

A Polícia requisitou o exame de delito em Cavallin, que pleiteou “medidas protetivas de urgência” contra Antony. Ela apresentou fotos de lesões que teriam sido causadas por agressões do atleta e disse também ter outros elementos para apresentar como prova na investigação.