Ouça agora

Ao vivo

Macaé ganha novas redes de esgoto na Aroeira
Norte Fluminense
Macaé ganha novas redes de esgoto na Aroeira
Itaipuaçu recebe evento Passaporte em Ação
Maricá
Itaipuaçu recebe evento Passaporte em Ação
Petrópolis tem 82 hectares de área queimada no primeiro semestre do ano
Destaque
Petrópolis tem 82 hectares de área queimada no primeiro semestre do ano
Eleições Municipais têm mulheres como maioria do eleitorado, revela TSE
Brasil
Eleições Municipais têm mulheres como maioria do eleitorado, revela TSE
Eduardo Paes lança candidatura à reeleição, mas ainda sem o nome do vice. Pedro Paulo é o preferido
Política
Eduardo Paes lança candidatura à reeleição, mas ainda sem o nome do vice. Pedro Paulo é o preferido
Prouni terá mais de 240 mil bolsas no segundo semestre
Brasil
Prouni terá mais de 240 mil bolsas no segundo semestre
Projeto de Judô transforma vida de 280 crianças em Japeri
Baixada Fluminense
Projeto de Judô transforma vida de 280 crianças em Japeri

Herói nos pênaltis, Rafael encerra concorrência em gol do São Paulo

Titular em todas as partidas da temporada, goleiro se firma sem ameaça de reservas e pega penalidade decisiva contra o Sport, que valeu classificação na Copa do Brasil
Foto: Marcos Ribolli

Rafael chegou ao São Paulo no início da temporada e, desde então, não deu qualquer chance para seus concorrentes à vaga de goleiro titular da equipe.

Contra o Sport, na quinta-feira, deu mais um passo nessa caminhada em que já vê seus reservas longe pelo retrovisor. Defendeu o pênalti de Juba e garantiu a classificação da equipe às quartas de final da Copa do Brasil.

No São Paulo, vive momento único na carreira, aos 33 anos. No Cruzeiro, onde surgiu, e depois no Atlético-MG, sucumbiu à concorrência primeiro de Fábio, depois de Everson. No Morumbi, enterrou essa competição.

– O Rafael se preparou ao longo da carreira. Talvez ele não tenha tido tantas oportunidades. Eu o conheci em 2007, já era o quarto goleiro do Cruzeiro. Veio numa crescente muito boa. Ele não teve oportunidades por ter encontrado sempre goleiros muito qualificados – disse o técnico Dorival Júnior após o jogo contra o Sport.

– É o momento para ele dar a sequência natural à carreira que demorou um pouquinho para ter um equilíbrio maior. Talvez seja esse momento. Você substituir um goleiro como Rogério Ceni, só depois da décima geração vai acontecer. Que ele mantenha essa condição e que se estenda por muitos anos. – completou o treinador.

Rafael esteve em campo em todos os minutos do São Paulo em 2023. Atualmente, seus reservas imediatos são os jovens Young Navarro e Leandro.