Ouça agora

Ao vivo

Comando de Polícia Rodoviária registra queda no número de acidentes com vítimas fatais durante o feriado de São Jorge
Destaque
Comando de Polícia Rodoviária registra queda no número de acidentes com vítimas fatais durante o feriado de São Jorge
Alerj aprova projeto para ampliar combate ao trabalho análogo à escravidão
Política
Alerj aprova projeto para ampliar combate ao trabalho análogo à escravidão
Prefeitura do Rio promove consulta pública sobre concessão de parques municipais
Rio de Janeiro
Prefeitura do Rio promove consulta pública sobre concessão de parques municipais
Maricá recebe prêmio destaque do artesanato na 16ª Rio Artes
Maricá
Maricá recebe prêmio destaque do artesanato na 16ª Rio Artes
Passagem de carretas interditará descida da serra de Petrópolis na madrugada de 25/04
Estado
Passagem de carretas interditará descida da serra de Petrópolis na madrugada de 25/04
Cidades do Rio podem ganhar “Café do Trabalhador”
Política
Cidades do Rio podem ganhar “Café do Trabalhador”
CBF divulga data e horário dos jogos da terceira fase da Copa do Brasil
Esportes
CBF divulga data e horário dos jogos da terceira fase da Copa do Brasil

Governo do RJ integra Programa 190 com tecnologia para auxiliar Polícia Militar

Imagens e alarmes em locais públicos e privados do Estado poderão ser conectados ao Serviço de Atendimento Emergencial.
Foto: Reprodução

Ao lançar o Programa 190 Integrado, o Governo do estado acaba de disponibilizar mais uma ferramenta tecnológica em prol da segurança pública. A partir de agora, imagens de câmeras e sinais de sensores de instituições públicas e privadas instalados em todo território estadual já poderão estar conectados diretamente com o Serviço de Atendimento Emergencial 190 da Polícia Militar do Rio de Janeiro.

Os interessados já podem realizar seu cadastro no site da Polícia Militar (sepm.rj.gov.br), cedendo imagens e sistemas de alerta para colaborar com o monitoramento de locais de circulação de público – vias urbanas, praças, estações de transporte, shoppings, agências bancárias, entre outros.

O aviso de chamamento público, já publicado no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro, permite a instituições públicas e privadas a realização de acordo de cooperação de cessão de câmeras de videomonitoramento e de alerta de sensores para o programa PMERJ Digital.

“Este é mais um importante passo do Governo na estruturação de um robusto aparato tecnológico aplicado à área de segurança pública. Por isso, estamos investindo muito no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) da Polícia Militar”, afirma o governador Cláudio Castro.

Ao citar o CICC, o governador refere-se à aquisição de equipamentos e ao desenvolvimento de outras ferramentas tecnológicas já incorporadas ao PMERJ Digital. Uma das principais aquisições foi o Security Command, sistema já instalado este ano no CICC para possibilitar a conexão de diferentes plataformas tecnológicas na área de segurança pública.

“A população só ganha com esse estreitamento da relação entre a sociedade civil e a Polícia Militar já que o programa vai aumentar a velocidade do acionamento das equipes e das ações dos nossos policiais, além de nos ajudar na redução dos trotes para o 190. Também vamos disponibilizar para os colaboradores uma arte gráfica para eles criarem placas, informando a integração com a PM – explica o secretário da SEPM, coronel Luiz Henrique Marinho Pires.

Dúvidas podem ser sanadas junto à Diretoria de Infraestruturas e Tecnologia DIT, que fica na Rua Carmo Neto, s/n, Cidade Nova, Rio de Janeiro/RJ, Sede do CICC ou pelo e-mail dit@pmerj.rj.gov.br.

Rede de monitoramento ampliada

Em relação ao monitoramento de imagens, os operadores baseados no CICC já acompanham em tempo real o patrulhamento em vias públicas, através das câmeras corporais portáteis em operação em todos os batalhões de área e de parte de unidades de policiamento especializado da Polícia Militar.
Esse acervo de imagens será bastante ampliado, ainda este ano, com a cessão de imagens de instituições públicas e privadas cadastradas, e com a implantação, já anunciada pelo Governo do estado, do Sistema de

Videomonitoramento Urbano – um conjunto de câmeras equipadas com softwares de reconhecimento facial, leitura de placa de veículos e sensores de alarme, para auxiliar no patrulhamento na orla marítima, túneis e vias expressas da capital. Numa segunda etapa, o Sistema de Videomonitoramento Urbano será estendido para outras cidades da região metropolitana e do interior do estado.