Ouça agora

Ao vivo

Comando de Polícia Rodoviária registra queda no número de acidentes com vítimas fatais durante o feriado de São Jorge
Destaque
Comando de Polícia Rodoviária registra queda no número de acidentes com vítimas fatais durante o feriado de São Jorge
Alerj aprova projeto para ampliar combate ao trabalho análogo à escravidão
Política
Alerj aprova projeto para ampliar combate ao trabalho análogo à escravidão
Prefeitura do Rio promove consulta pública sobre concessão de parques municipais
Rio de Janeiro
Prefeitura do Rio promove consulta pública sobre concessão de parques municipais
Maricá recebe prêmio destaque do artesanato na 16ª Rio Artes
Maricá
Maricá recebe prêmio destaque do artesanato na 16ª Rio Artes
Passagem de carretas interditará descida da serra de Petrópolis na madrugada de 25/04
Estado
Passagem de carretas interditará descida da serra de Petrópolis na madrugada de 25/04
Cidades do Rio podem ganhar “Café do Trabalhador”
Política
Cidades do Rio podem ganhar “Café do Trabalhador”
CBF divulga data e horário dos jogos da terceira fase da Copa do Brasil
Esportes
CBF divulga data e horário dos jogos da terceira fase da Copa do Brasil

Governo do Rio realiza operação de transferência de presos para penitenciárias federais

O Governador Cláudio Castro, havia pedido a transferência de 31 presos para unidades prisionais federais por pelo menos 3 anos. 
Foto: Reprodução G1

O Governo do Estado do Rio de Janeiro está realizando uma mega operação, na manhã desta terça-feira (27), para tranferência dos presos do presídio de Gericinó, na Zona Oeste do Rio, para as penitenciárias federais de segurança máxima em Catanduvas, no Paraná, e Mossoró, no Rio Grande do Norte.

O Governador Cláudio Castro, havia pedido a transferência de 31 presos para unidades prisionais federais por pelo menos 3 anos. A sugestão das transferências se deu para evitar novas associações e articulações internas no presídio, já que mesmo presos, os criminosos ainda exercem influência fora e dentro dos presídios.

Estão sendo transferidos nesta terça-feira (27) os presos:

– Alcimar Pereira dos Santos, o Veludo, da Vila Vintém (é acusado de matar policiais. Ele foi transferido para Bangu um após a fuga de três presos em janeiro)
– Aleksandro Rocha da Silva, o Sam da Caicó (ex-chefe da Covanca – acusado de mais de uma dezena de homicídios)
– Alex Marques de Melo, o Léo Serrote (chefe da invasão ao Morro do São Carlos em 2020. Foi preso numa casa fazendo reféns)
– Alexandre Jorge do Nascimento, o Jason (suspeito de matar 40 pessoas na Baixada)
– Alexandre Silva de Almeida, o Solinha (é ex-integrante da milícia do Zinho, na Zona Oeste)
– Anderson Rocha da Silva, o Russão (irmão de Sam da Caicó)
– Anderson Venâncio Nobre de Souza, o Piu (é responsável pelo tráfico na Lapa é apontado como braço do traficante Abelha)
– André Costa Bastos, o Boto (é um dos chefes da milícia na região de Jacarepaguá e Recreio, dava ordens para ataques na Curirica e no Terreirão)
– Avelino Gonçalves Lima, o Alvinho (é chefe do Povo de Israel, quadrilha que pratica extorsões de dentro das cadeias)
– Carlos Vinícius Lírio da Silva, o Cabeça do Sabão (é um dos mentores do sequestro do helicóptero para tentar resgatar presos em Bangu, em 2022)
– Charles Silva Batista, o Charles do Lixão (é apontado como um dos chefes na Favela do Lixão, em Caxias; voltou de presídio federal em 2021)
– Edmilson Gomes Menezes, o Macaquinho (é chefe da milícia da Praça Seca e do Campinho)
– Eliezer Miranda Joaquim, o Criar (é chefe do tráfico de favelas em Belford Roxo)
– Emerson Brasil da Silva, o Raro (é chefe do tráfico do Complexo da Pedreira)
– Francio da Conceição Batista, o Nolita (é chefe do tráfico da Comunidade Santa Rosa)
– Geovane da Silva Mota, o GG (é ex-integrante da milícia de Zinho)
– Luís Carlos Moraes de Souza, o Monstro (é chefe do tráfico de favelas de Macaé e do Morro do Urubu)
– Luiz André Ribeiro Fiuza (traficante internacional preso em 2005)
– Luiz Cláudio Serrat Correa, o Claudinho CL (é chefe do tráfico do Cajueiro)
– Luiz Fernando do Nascimento Ferreira, o Nando do Bacalhau (é chefe do tráfico do Chapadão)
– Marcelo de Almeida Farias Sterque, o Marcelinho Merendiba (conseguiu fugir do Complexo de Gericinó em janeiro e acabou recapturado em abril)
– Marcelo Santos das Dores, o Menor P (é chefe do tráfico no Complexo da Maré)
– Marco Antônio Pereira Firmino da Silva, o My Thor (é um dos principais chefes do Comando Vermelho; voltou de um presídio federal em 2021)
– Robson Aguiar de Oliveira, Binho (é chefe do tráfico do Morro do Engenho)
– Rodrigo dos Santos, o Latrell (é ex-integrante da milícia do Zinho, principal braço armado do grupo)
– Samuel de Freitas e Silva, o Samuca (é um dos chefes do tráfico do Pavão-Pavãozinho, mentor de ataques à UPP)

Até as 10h30, três presos já tinham sido levados de helicóptero de Bangu 3 até o Aeroporto do Galeão, na Ilha do Governador. Dois helicópteros da Polícia Militar estão dando apoio à operação. Estão participando da operação, agentes das polícias Federal e Militar.